Você POSSUI assimetria ou assimetrias musculares?

Você passou um período com algum MEMBRO IMOBILIZADO, e isso gerou uma assimetria muscular ou várias assimetrias musculares?

 

Quer saber como MINIMIZAR E RESOLVER essas assimetrias musculares?

 

Treino em Foco em mais uma SEMANA TEMÁTICA, e essa será sobre assimetria e assimetrias musculares. Iremos discutir ao longo dessa semana a questão de assimetrias musculares ou assimetria muscular, Treino em Foco já postou alguns vídeos a respeito do TEMA, e ocorreu muitos QUESTIONAMENTOS a partir dessas informações já postadas, então resolvemos fazer uma semana temática de segunda a sexta-feira, falando especificamente das assimetrias musculares, e trazendo alguns EXEMPLOS DE EXERCÍCIOS que iremos sugerir como corretivos para essas assimetrias musculares.

Hoje discutiremos a OCORRÊNCIA de uma assimetria muscular ou de assimetrias musculares geradas a partir de uma IMOBILIZAÇÃO de algum membro. Então SIMULAREMOS, que você teve uma fratura de braço, ou e perna, e essa fratura fez com que você EMGESSASSE o membro e ficasse com ele imobilizado por um período determinado de tempo.  Você perceberá que ao RETIRAR o gesso, terá que começar com um trabalho de FISIOTERAPIA com objetivo de recuperar a MOVIMENTAÇÃO ARTICULAR, pois com a imobilização foi perdida boa parte dessa mobilidade.  Você SENTIRÁ também uma queda de FORÇA significativa no membro que estava imobilizado, uma ATROIA MUSCULAR bastante significativa, perda coordenativa do controle muscular do membro que estava imobilizado.

Isso é NORMAL devido ao desuso e a imobilização do membro, mas como estamos abordando nessa semana temática a questão das assimetrias musculares, tentaremos FOCAR nesse aspecto. Nesse caso quando ocorreu uma assimetria muscular ou assimetrias musculares, a partir da imobilização do membro, o trabalho ASSIMETRICO COMPENSADOR pode ser BILATERAL para corrigir essa assimetria ou assimetrias musculares geradas. Não há necessidade nessas circunstâncias, a princípio, de se fazer um trabalho ESPECIFICO para o membro que está atrofia devido a imobilização.

Normalmente nesses casos, um TRABALHO SIMÉTRICO normal envolvendo o lado que não estava imobilização e o lado que estava imobilizado, é o SUFICIENTE para corrigir essa assimetria ou assimetrias musculares. Se pensarmos em METODOLOGIA do trabalho, podemos utilizar um trabalho de RESISTÊNCIA MUSCULAR LOCALIZADA no treinamento resistido com pesos ou musculação, já é suficiente para um período aproximado de UM a DOIS MESES de refazer a hipertrofia muscular e equivaler os dois membros, normalmente esse período de tempo é suficiente.  Já que a atrofia muscular gerada, e consequentemente as assimetrias musculares, OCORRERAM  em função da imobilização, no  momento que O INDIVÍDUO começa mobiliar o membro, ou seja, jogar CARGA TENSIONAL naquele membro, mesmo sendo um trabalho de resistência muscular localizada que se caracteriza por uma carga moderada a baixa, isso será SUFICIENTE para recuperar toda estrutura muscular, e voltar a hipertrofia natural e normal daqueles tecidos, e daqueles grupos musculares que apresentavam assimetria musculares.

 

Então SEGUIDOR QUALIFICADO, quer saber como resolver as assimetrias musculares geradas por IMOBILIZAÇÃO de membro, NÃO PERCA a vídeo aula.