Você tem assimetria muscular no braço?

Na maioria das vezes o que pode levar a ocorrência de assimetria muscular no seguimento braço?

Na sua grande maioria essa assimetria muscular parece ocorrer em virtude de uma incompatibilidade no volume muscular. Ou seja, o aluno/cliente apresenta um volume muscular maior do bíceps em relação ao tríceps ou vice-versa. Em grande parte, isso vem a ocorrer em decorrência de um excessivo trabalho muscular da musculatura.

Por exemplo, existem aluno/clientes com a ideia de ter braços grandes chegam a executar de quatro a cinco exercícios para bíceps braquial e já para tríceps dois a três exercícios. No entanto, o contrário também poderá ser verdadeiro.

Esse tipo de assimetria muscular também poderá ocorrer, porém é menos comum, em virtude de uma lesão que o aluno/cliente venha a sofrer no bíceps ou tríceps que o impossibilite de treinar esse grupo muscular. A imobilização não poderá levar a ocorrência desse tipo de assimetria, pois uma vez o seguimento braço imobilizado os dois grupos musculares teriam uma redução grande.

Qual a tomada de decisão para tentar reverter esse quadro de assimetria muscular no braço?

Inicialmente, como já estamos citando nas outras vídeos aulas deve-se buscar identificar o fator causa. Uma vez identificado esse fator o problema poderá ser “atacado”. No caso do seguimento braço, o Treino em Foco entende que nos treinos para esse seguimento devera-se ser realizado um trabalho bilateral. Porém, a aplicação de exercícios unilaterais para o braço que está com esse déficit muscular passa a ser interessante. Pois, com isso, estar-se aplicando um maior volume de treino sobre essa musculatura com déficit e como o volume total de treino é dose dependente com os ganhos de hipertrofia um trabalho compensatório estará sendo produzido.

No entanto, como no treinamento resistido com pesos é quase que impossível conseguir isolar uma determinada musculatura para o trabalho, a seleção do exercícios deverá ser realizada com critério para não produzir outra assimetria muscular.

Quais exercícios seriam interessantes para selecionar para realizar um trabalho compensatório?

Caso a assimetria muscular esteja presente no bíceps braquial um exercício interessante para selecionar é a rosca scott. Pois como o seguimento braço estará “repousando” sobre o anteparo do banco não ocorrerá um forte trabalho por exemplo do deltoide anterior para estabilizar a articulação do ombro, e assim, produzindo um trabalho mais intenso sobre os flexores do cotovelo.

Já para o tríceps braquial um exercício interessante seria na máquina. Porém, não são todas as academias que apresentam esse aparelho. Esse segue a mesma lógica da rosca scott, onde o trabalho ficaria bem focado sobre o tríceps braquial necessitando de um trabalho não muito forte dos sinergistas.

Seguidores, assistam a vídeo  aula e analisem as orientações.