No vídeo de hoje o professor João moura fará uma análise de todos os testes físicos realizados pelo Jefferson e a Tati, que estão participando de um treinamento visando a competição de corrida de aventura e obstáculos. Esses resultados já foram postados na série Performance em FOCO, e estão à disposição de vocês seguidores.

Como foi a sequência dos testes físicos?

O primeiro teste, da bateria dos testes físicos, foi a avaliação de antropometria e morfologia, que não exige nenhum esforço físico, na sequência foi executado o primeiro teste que em si, requer um certo grau de esforço físico que foi o teste de 10 saltos horizontais sucessivos, que é um teste de potência muscular de membros inferiores.

Depois de um intervalo relativamente curto passamos para o teste do SEMO, que é um teste de agilidade, que na literatura é descrito para se realizar uma rodado no circuito, porém foi realizado 4 voltas no circuito, exigindo do Jefferson e da Tati uma dose de resistência de agilidade. Na sequência se executou o teste de flexão de braço e de resistência Abdominal que são dois testes que realmente solicitam, mas do ponto de vista físico, e que geram um certo acumulo de fadiga.

Quais os principais resultados da avaliação antropométrica e morfológica do Jefferson?

No dia da avaliação o Jefferson se encontrava com 57,5 Kg, a massa gorda em relação a sua massa corporal total que era de 57,5 Kg, ele apresentava 3,0 Kg de massa gorda, isso representa 5,1 % do seu peso corporal.

Já analisando a massa muscular o Jefferson apresentou 34,4 kg, que representa 59,7% da sua massa corporal constituída de massa muscular. Quando realizamos uma relação dividindo músculo por gordura, obtemos o valor de 11,6, isso significa que para cada um quilo de gordura corporal, ele apresenta 11,6 Kg de massa muscular.

Quando analisamos a somatotipia do Jefferson, ela é extremamente concordante com o resultado observado e descrito acima, sendo que a ectomorfia que é o status de gordura apresentou 1,60, a mesomorfia apresentou um índice de 3,93, não retratando um indivíduo musculoso, e a ectomorfia que caracteriza um indivíduo magro e longilíneo um índice de 3,48. Então visualizando os resultados morfológicos e somatotípicos, eles estão totalmente coerentes, e confere ao Jefferson, na corrida de aventura e obstáculos uma grande vantagem, do ponto de vista antropométrico.

[vc_row][vc_column][vc_cta_button call_text=”Receba nossas Atualizações em seu e-mail” title=”Assinar Newsletter” target=”_blank” color=”btn-success” icon=”wpb_mail” size=”btn-large” position=”cta_align_bottom” css_animation=”right-to-left” href=”http://conteudo.treinoemfoco.com.br/newsletter-tef”][/vc_column][/vc_row]

Quais os principais resultados do teste de avaliação antropométrica morfológica da Tati?

Podemos verificar que a massa corporal é praticamente a mesma, pois a Tati apresentou 57,9 Kg, porém quando analisamos a composição corporal da Tati podemos visualizar as dificuldades nos teste que a Tati apresentou.

A massa gorda da Tati representou 28,1 % da sua massa corporal total, ao passo que a porcentagem de massa muscular representou 39,5 % da sua massa corporal total. O valor percentílico da massa muscular está dentro do concordante para pessoas não atletas, que é em torno de 40% de massa muscular em relação a sua massa corporal total. Porém o valor da massa gorda está um pouco acima do valor concordante para pessoas não atletas do sexo feminino, que é me torno de 22 a 25% segundo o pesquisador Edio Petroski. Com esse dado, nos confere que a Tati precisa de um trabalho forte de emagrecimento, enquanto o Jefferson não há necessidade de se pensar em emagrecimento.

Quando avaliamos a somatotipia da Tati, podemos visualizar que o componente endomorfo apresenta um valor de 7,16, que é extremamente alto, o componente mesomórfico é de 3,04, não é muito baixo, porem poderia estar um pouco mais alto próximo de 4, e o componente ectomórfico apresentou o valor de 2,08, mostrando que a Tati tem baixa constituição ectomórfica. Então está coerente tanto a composição corporal quanto a somatotipia.

Quando realizamos a relação morfológica de massa muscular e massa gorda, chegamos ao valor de 1,40, isso significa que para cada 1 Kg de massa gorda, a Tati apresenta 1,40 Kg de massa muscular, uma relação bem mais baixa que a do Jefferson, que para cada um 1 Kg de gordura apresentou 11,62 Kg de massa muscular. Então isso reforça que precisamos diminuir, claro que gradativamente o percentual de gordura, e elevar um pouco a massa muscular da Tati.

Quais as características das dobras cutâneas do Jefferson?

Vocês poderão notar que somente uma dobra cutânea apresentou dois dígitos, e foi a dobra Abdominal vertical, porém todas as outras dobras cutâneas apresentaram valores extremamente baixos. Foi notado que será necessário aumentar um pouco a massa muscular do Jefferson, pensando em um ganho de força muscular, potência e agilidade.

Quando somamos todas as dobras cutâneas do Jefferson obtivemos o valor de 43,7 mm (milímetros), dividindo isso pela estatura em centímetros verificamos que para cada um centímetro de estatura ele apresenta distribuído pelo corpo 0,3 mm/cm de gordura.

Quais as características das dobras cutâneas da Tati?

Agora analisando os resultados da Tati, as medidas das dobras cutâneas com a exceção da dobra bicipital, todas as medidas apresentaram dois dígitos, ou seja, a espessura do tecido adiposo na Tati superam as do Jefferson, e obviamente por isso levou a ela obter um percentual de gordura de 28 % e o Jefferson de 5,1%.

Realizando os somatório das mesmas 8 dobras cutâneas que as do Jefferson, a Tati apresentou um valor de 168,4 mm, lembrando que o Jefferson apresentou um somatório de 43,7 mm. E quando dividimos o somatório das dobras cutâneas, pela estatura em centímetros da Tati, identificamos que para cada um centímetro da estatura da Tati, ela apresenta 1,0 mm de gordura, distribuído para cada 1 centímetro da sua estatura.

O que o Jefferson e Tati precisam melhorar, observando os resultados da avaliação antropométrica e morfológica?

Então todos esses dados estão reforçando a necessidade de um trabalho de aumento de massa muscular para o Jefferson, e de um trabalho de aumento de massa muscular para Tati, e adicionalmente um trabalho de emagrecimento, para realizar com performance a corrida de aventura e obstáculos.

Então seguidor não perca analise os resultados da avaliação antropométrica e morfológica, do Jefferson e da Tati.