Será que podemos aplicar o treinamento intervalado no futebol e auxiliar no emagrecimento?

Treino_em_foco_treinamento_intervalado_futebol

Como o treinamento intervalado pode auxiliar no processo de emagrecimento?

O treinamento intervalado visando o emagrecimento tem como objetivo gerar um EPOC intenso, ou seja, um consumo excessivo de oxigênio pós exercício, ou consumo de energia forte no pós treino. Assim, como no momento da execução do mesmo ocorrerá uma forte utilização de glicogênio muscular no pós exercício será necessário realizar a recuperação dessa molécula. Diante disso, a glicose que será absorvida pela célula muscular não será destinada a produção de energia e sim para forma glicogênio. No entanto, essa síntese necessita de energia de ATP, e para isso ocorrerá uma maior oxidação de gorduras para formar ATP.

O personal trainer pode estar trabalhando com um aluno/cliente que além de visar maximizar o processo de emagrecimento ainda gostaria de condicionar-se para jogar a sua “pelada” de final de semana.

Diante disso, será possível aplicar o treinamento intervalado para o futebol?

Para condicionar esse aluno/cliente que também que condicionar-se para jogar a sua “pelada” de final de semana passa ser interessante que o personal trainer realize um trabalho aeróbio durante a semana, obviamente visando o emagrecimento, mas que possa simular os atos motores do futebol como por exemplo: trotar de frente, de costas, deslocamento lateral, em diagonal, de frente, entre outros movimentos que produzimos durante a atividade motora do futebol.

Além disso, pode-se nesse treinamento intervalado voltado ao futebol, trabalhar com algumas arrancadas, acelerações durante o trabalho, porém sempre intervalando a cargas de treinamento e controlando pelo cardiofrequencimetro.

Treino_em_foco_treinamento_intervalado_futebol

Mas é preciso necessariamente ter um padrão de tempo para carga alta e baixa durante o treinamento intervalado para o futebol?

Necessariamente não. Pois no futebol não existe um padrão temporal para cada intensidade de esforço, ou seja, o aluno/cliente poderá me um determinado momento realizar esforço altos por curto ou longo período de tempo e também esforços baixos por longo ou curto período de tempo. Assim, pode-se entender que não existindo um padrão não há logica em treinar aplicando uma padronização.

No entanto, como o trabalho deverá ser controlado pela frequência cardíaca atrelada a percepção subjetiva de esforço, por exemplo nas primeiras sessões quando o aluno/cliente atingir valores muitos altos na parte alta do esforço seriam interessantes que neste momento o personal trainer venha a realizar uma redução na carga.

Em qual velocidade podem ser realizadas as acelerações?

O trabalho de aceleração não é com carga total, ou seja,  não é explosivo em condições MÁXIMAS, em torno de 70% ou 75% da velocidade máxima. Essa é uma intensidade interessante para que o aluno/cliente possa dar continuidade ao treinamento intervalado  e  não fique parado, isto é esteja o tempo todo EXECUTANDO o exercício. Então a ideia é: aumentar e diminui a carga, porém não parar, pois o objetivo é manter o trabalho cardiovascular, com momentos mais fortes de arrancada submáxima, e mantendo o trote o tempo todo nesse treinamento intervalado par ao futebol visando também auxiliar no processo de emagrecimento.

Treino_em_foco_treinamento_intervalado_futebol

Então seguidor do Treino em Foco, NÃO PERCA a vídeo aula de hoje e saiba como executar o treinamento intervalado para o futebol, e que ajudará no processo de emagrecimento.