Você conhece o exercício no CROSS OVER para COSTAS?

Mas, o exercício no CROSS OVER não é para PEITORAL?

Sim, se EXECUTADO da forma CLÁSSICA  tracionando as polias para frente do corpo, atua fortemente sobre a
MUSCULATURA DE PEITORAL.Mais existe uma VARIAÇÃO do exercício, mais ESPECIFICAMENTE NA PUXADA, aonde podemos gerar um grande trabalho da MUSCULATURA DE COSTAS.

Nesse exercício no CROSS OVER, acontece a TRAÇÃO E ADUÇÃO GLENUMERAL que é uma das articulações
envolvidas, sendo realizada para TRÁS DO CORPO DO EXECUTANTE. Ocorre também nesse exercício um
forte trabalho das ESCAPULAS, em ROTAÇÃO MEDIAL na fase concêntrica, e uma ROTAÇÃO LATERAL na fase
excêntrica do exercício.Então podemos  concluir que de FORMA DINÂMICA as  articulações envolvidas são:
ARTICULAÇÃO GLENUMERAL e ESCAPULOTORÁCICA.

OS MÚSCULOS fortemente envolvidas nessa variação no CROSS OVER,são ROMBOIDES MAIOR E MENOR, na rotação medial das ESCAPULAS.Outros músculos  que são fortemente solicitados são, LATÍSSIMO DO DORSO ou GRANDE DORSAL, e REDONDO MAIOR que trabalham no movimento de ADUÇÃO GLENUMERAL.

Quer Saber mais sobre o Exercício no CROSS OVER PARA musculatura de COSTAS?

Então não perna o TEF ANÁLISE DE EXERCÍCIO de hoje, professor João Moura fara uma análise CINESIOLÓGICA E BIOMECÂNICA DO EXERCÍCIO.