Análise de Exercício

Remada australiana – Como fazer de forma correta?

Please log in or register to do it.

A remada australiana é uma variação de exercícios para treinar costas, que utiliza como resistência o peso do corpo.

Como realizar corretamente a remada australiana?

Remada australiana pode ser executada tanto no Smith machine como também na barra que se executa o agachamento. Incialmente o executante irá posicionar seu corpo embaixo da barra e realizará a pegada na barra mais ou menos da largura do ombro.

Remada_australiana_treino_de_costas_treino_em_foco

Uma vez executado esse posicionamento, manterá as curvaturas naturais e fisiológicas da coluna vertebral preservadas e executará o movimento de extensão do ombro em conjunto com a flexão do cotovelo. Ao realizar esse movimento o corpo como um todo será levado em direção a barra. Este movimento caracteriza a fase concêntrica.  Já a fase excêntrica caracteriza-se como uma flexão do ombro e extensão dos cotovelos.

Leia também: Músculos flexores do cotovelo

Quais os músculos envolvidos  na remada australiana?

Entender os músculos envolvidos é muito fácil. Como se realiza uma extensão do ombro, ocorre o envolvimento de latíssimo do dorso, deltoide posterior, tríceps cabeça longa e redondo maior. Já para a flexão do cotovelo ocorre o envolvimento dos flexores do cotovelo, que são eles bíceps braquial, braquial e braquiorradial. Um ponto importante a salientar é que esses músculos citados acima, produzem um encurtamento na fase concêntrica para vencer a resistência, assim uma contração concêntrica.

Leia também: Musculatura de costas – Latíssimo do Dorso ou Grande Dorsal

Já na fase excêntrica da remada australiana, esses mesmos músculos são envolvidos para realizar o freio dos movimentos de flexão do ombro e extensão dos cotovelos. É importante relembrar que é a força gravitacional agindo sobre os seguimentos corporais que produzem esses movimentos na fase excêntrica.

Tem mais músculos envolvido na remada australiana?

Tem sim. Mas para entender esse ponto é preciso compreender que a força gravitacional produz algumas tendências de movimento ao agir sobre o corpo. Ou seja, ao agir sobre o tronco do executante a orça gravitacional produz uma tendência de flexão toracolombar da coluna vertebral, portanto para evitar essa tendência os extensores da coluna vertebral serão acionados.

Leia também: Musculatura de Glúteo Máximo, Médio e Mínimo

Outra tendência de movimento é a de flexão do quadril. Novamente, esta tendência deverá ser bloqueado pelos antagonistas, ou seja os extensores do quadril, sendo eles glúteo máximo e isquiotibiais. Portanto, de uma forma geral é para bom entendimento da musculatura envolvida na remada australiana, esses são as tendências de movimentos.

Remada_australiana_treino_de_costas_treino_em_foco

Como intensificar o trabalho muscular na remada australiana?

Aumentar a intensidade esforço para realizar a remada australiana é relativamente fácil. Ou seja, orientar o executante a realizar com o corpo mais na horizontalizado em relação ao solo, irá aumentar a intensidade de esforço muscular. Outra forma de intensificar é orientar a execução com os joelhos estendidos e também elevar as pernas com um step. Portanto, essas são algumas formas de intensificar o trabalho muscular.

Por outro lado, para reduzir a intensidade de esforço o contrário deverá ser realizado, ou seja, horizontalizar menos o corpo, manter os joelhos flexionados e não elevar as pernas.

Analisem a vídeo aula!!!

Treino de calistenia para iniciante
Pike Push Up - Como fazer de forma correta?

O seu endereço de e-mail não será publicado.