Qual o posicionamento anatômico do Peitoral Maior?

O Peitoral Maior tem uma parte posicionada abaixo da musculatura do Deltoide, notaremos também que o Peitoral Maior sai em forma de leque a partir do osso Úmero subindo formando a porção clavicular do Peitoral Maior, e forma também a região ou porção inferior do Peitoral Maior chamada de porção Esternocostal, tanto do lado esquerdo como também no lado direito.

O músculo Peitoral Maior é um músculo estético, está à frente do tórax, é muito trabalhado no exercício de supino, Crucifixo e Cross over por exemplo.

Qual a característica Anatômica da inserção do músculo Peitoral Maior?

Analisando com atenção o músculo Peitoral Maior, notaremos que as fibras superiores ou claviculares tem sua origem na porção medial da clavícula, descem e tem sua inserção um pouco mais abaixo na crista do tubérculo maior do úmero. Já as fibras mais mediais que são denominadas de fibras esternais tem sua origem localiza nas cartilagens da primeira a sexta costela. Já sua inserção também está localizada na crista do tubérculo maior do úmero, porém acima da inserção das fibras superiores. Por fim, as fibras mais inferiores do peitoral denominadas de fibras costais tem sua origem localizada na cartilagem da sexta costela e na aponeurose do oblíquos externo. Como nas outras regiões do peitoral sua inserção está localizada na crista do tubérculo maior do úmero, entretanto, na região superior a inserção das fibras esternais. Então podemos analisar que próximo ao Deltoide ocorre uma curvatura, ou seja, o as fibras do Peitoral Maior meio que entrelaçam nessa região para cruzar e fazer sua inserção junto ao Úmero.

Qual o movimento articular que o Peitoral Maior realiza?

Como dito anteriormente o músculo Peitoral Maior, é fortemente trabalhado nos exercícios de Supino, Crossover, e Crucifixo, porque esses exercícios fazem uma Adução Transversal da Articulação Glenoumeral ou do Ombro, a qual o Peitoral Maior é motor primário desse movimento, ou seja, quando o Peitoral Maior contrai, ele produz a Adução Transversal do Ombro.

Como trabalhar a parte inferior ou Esternocostal, e parte superior ou clavicular do Peitoral Maior?

Lembrando uma relação com o exercício de Supino, que as fibras superiores do Peitoral Maior, trabalharão com um pouco mais de intensidade quando se faz o Supino Inclinado, já as fibras inferiores do Peitoral Maior trabalham de uma forma mais intensa quando se realiza o exercício de Supino Declinado.

Então isso passa a ser um aspecto importante, já que quando trabalhamos no Supino Plano ou Reto, é importante lembrar que todas as porções do Peitoral Maior serão trabalhadas na mesma magnitude.
Qual a posição anatômica do músculo Peitoral Menor?

O Peitoral Menor não tem fixação sobre o osso Úmero, na verdade a fixação é sobre estrutura óssea da Cintura Escapular, mais exatamente no processo Coracoide da Escápula. Devido a esse posicionamento o Peitoral Menor terá sua ação sobre movimentos Escapulares, e não sobre movimentos na Articulação Glenoumeral ou do Ombro, já que ele não apresenta nenhuma sobre o Osso do Úmero.

Qual a diferença da ação do Peitoral Maior e Peitoral Menor?

Perceberemos no vídeo que o Peitoral Maior tem sua inserção junto ao Osso Úmero, já o Peitoral Menor tem sua inserção no processo Coracoide da Escapula. Então o Peitoral Maior terá ação nos movimentos da Articulação Glenoumeral ou do Ombro, já o Peitoral Menor, não terá ação sobre os movimentos do Ombro, e sim, sobre os movimentos da Cintura Escapular.

Então nos exercícios de supino, Cross over, Crucifixo, ocorre o movimento de Adução transversal do Ombro, e consequentemente também ocorrerá movimentação na Cintura Escapular, na face posterior Abduzindo as Escapulas, ou seja, abrindo as Escápulas em relação alinha central do corpo.

O que deve ficar claro para você seguidor, é que o Peitoral Maior tem sua ação na articulação do Ombro, produzindo movimentação no Úmero, já o Peitoral Menor, tem sua movimentação e ação sobre a Cintura Escapular.

Então seguidor, acompanhe o vídeo de hoje e tire todas as suas dúvidas, sobre o músculos Peitoral Maior e Peitoral Menor.