Na prescrição do treinamento físico para esportes coletivos com bola é necessário primeiramente identificar as valências biomotoras primárias (principais) e secundárias.

treinamento_físico_esportes_cletivos_treino_em_foco_valências_biomotoras

 

Para realizar um treinamento físico para os esportes coletivos com bola é necessário primeiramente identificar quais as valências biomotoras principais ou primárias e, quais as secundárias. Diante disso, será possível planejar o treinamento de forma eficiente para atletas de diferentes modalidades esportivas. Nesta nova série do Treino em foco, o objetivo é apresentar para vocês seguidores estratégias de treinamento físico para diferentes modalidades esportivas utilizando o elemento bola, ou seja, realizar treinos físicos com bola para motivação dos indivíduos ou atletas executantes. Com isso buscando tornar os treinos físicos mais prazerosos e motivacional, podendo potencializar sua melhora física.

treinamento_físico_esportes_coletivos_bola_valências_biomotoras

Treinamento físico para esportes coletivos com bola, essa é a nova série do Treino em Foco.

Qual o objetivo da série treinamento físico para esportes com bola?

A ideia principal é apresentar para vocês seguidores, formas de realizar treinamento físico em diferentes modalidades esportivas que sejam coletivas e envolvam o elemento bola para sua realização. Dessa forma, através da utilização dos fundamentos técnicos dessas modalidades apresentar treinamentos físicos utilizando o elemento bola.

O que necessário para realizar um treinamento físico para uma determinada modalidade esportiva?

O ponto inicial e crucial é identificar quais são as valências físicas principais e as secundárias que são fortemente exigidas para desempenhar aquela determinada modalidade esportiva.

O que são as valências físicas principais?

São aquelas valências físicas que serão as mais solicitadas para a realização daquela determinada modalidade esportiva.

O são valências biomotoras secundárias?

São aquelas valências que não são fortemente envolvidas, ou seja, que não são solicitadas primariamente para desempenhar uma determinada modalidade esportiva.

Na sequência será descrito e explicado as valências biomotoras de força, resistência e velocidade.

Quais as características da valência biomotora de força e qual sua divisão?

Analisando a valência biomotora força, podemos dividi-la didaticamente em força dinâmica, estática e explosiva.

Dentro da força dinâmica ainda podemos subdividir em força dinâmica máxima e submáxima. Essa valência biomotora é a força que o indivíduo vai produzir na sua respectiva modalidade gerando tensão muscular de forma máxima ou submáxima com movimento, por isso é classificada como força dinâmica.

Por exemplo, no esporte de powerlifting para vencer a quilagem imposta no exercício terra, agachamento ou supino, o atleta necessitará produzir força dinâmica máxima. Já nos esportes coletivos com bola é mais recorrente a necessidade de se produzir força dinâmica submáxima.

treinamento_físico_força_dinâmica_máxima_treino_em_foco_valências_biomotoras

Já a força estática é produzida com contração isométrica, que pode ser máxima ou submáxima.   Por exemplo em alguns movimentos do esporte Judô, quando os dois atletas estão no embate da luta e quando um atleta segura o kimono do outro atleta, e tentando fazer um movimento de queda, os atletas estarão produzindo força estática máxima.

reinamento_físico_valências _biomotoras_força_estática_treino_em_foco

No esporte vela em alguns momentos pode-se visualizar os atletas realizando movimentos que solicitam produção de força estática submáxima.

Um outro tipo de força é a força explosiva, que envolverá velocidade de contração muscular. Quando temos força x velocidade teremos a produção de potência muscular. Então quando o atleta realizar movimentos com força de forma explosiva, estará produzindo potência muscular.

Como trabalhar potência muscular no treinamento físico para esportes com bola?

A valência biomotora de potência muscular que é advinda da junção de velocidade x força, pode ser trabalhada com maior enfoque em força, ou em velocidade ou ainda pode-se trabalhar potência com enfoque tanto em força e velocidade.

O Treino em foco já gravou vários vídeos sobre treinamento físico para desenvolver potência muscular.

Na sequência descreveremos a valência biomotora velocidade.

Quais as características da valência biomotora velocidade?

Velocidade na verdade é a capacidade do indivíduo ou atleta se deslocar dentro de uma distância no menor tempo possível. Entretanto, podemos classificar velocidade em três níveis: velocidade de reação, de membros e deslocamento.

treinamento_físico_esportes_coletivos_velocidade_treino_em_foco_valências_biomotoras

O que é velocidade de reação?

Velocidade de reação tem uma ligação direta com componentes neurais. Pode ser visualizada quando um indivíduo percebe o estimulo e o tempo transcorrido entre perceber esse estimulo seja ele, auditivo ou visual e, o atleta produzir o ato motor em reposta a esse estimulo.  Por exemplo, no esporte de 100 metros rasos a velocidade de reação fica muito clara, pois o atleta está no bloco de partida, ocorre o tiro, na sequencia o atleta ouvirá o tiro e, em seguida ocorrerá um processo de tramite neural pare receber esse estimulo sonoro e transformá-lo em um ato motor, que é realizar a largada. O tempo percorrido entre o estimulo sono e o início da movimentação para sair do bloco é caracterizado como velocidade de reação.

Velocidade de reação dependera como descrito anteriormente d fatores neurais (estimulação de neurônios sensitivos e em seguida motoneurônios para realizar o movimento). Outro exemplo agora ocorre no esporte coletivo Handebol no tiro de sete metros. Nessa situação o  o goleiro ficará na sua posição, no momento em que o atleta realizar o arremesso o goleiro visualizará a direção da bola e  tentará se deslocar em relação a trajetória da bola. Então o tempo transcorrido entra a percepção visual da direção da bola e o início do ato motor para executar a defesa teremos a produção de velocidade de reação.

treinamento_físico_esportes_coletivos_valências_biomotoras_treino_em_foco

O que é velocidade de membros?

Velocidade de membros é a capacidade que o atleta tem em realizar movimentos tanto com membros inferiores e superiores na maior velocidade possível. Pra exemplificar essa valência biomotora podemos utilizar o goleiro do handebol, pois esse atleta realizará movimentos rápidos com seus membros (inferiores e superiores) para defender os arremessos contra seu gol.  A velocidade de membros também é necessário no esporte voleibol, momento do ataque principalmente por um atleta que atua na posição de central.

O que é velocidade de deslocamento?

Essa valência biomotora é medida pela velocidade em que um indivíduo ou atleta consegue se deslocar em um certa distância. A velocidade de membros está atrelada a velocidade de deslocamento. Ou seja, quanto maior a velocidade de membros maior tenderá a ser a velocidade de deslocamento de um atleta, seja ele nadador ou corredor de 100 metros.

Agora descreveremos a valência biomotora de resistência.

Quais as subdivisões da valência biomotora de resistência?

A valência biomotora de resistência é dividida em: resistência aeróbia, anaeróbia e muscular localizada ou geral.

Quais são as características da valência biomotora resistência aeróbia?

A resistência aeróbia, que é a valência biomotora mais importante para atletas fundistas (maratonistas) , para triatletas, de para  nadadores de travessia, entre outros atletas. Para um bom desempenho de resistência aeróbia a capacidade aeróbia a e a oxigenação do corpo são fundamentais para desempenhar bem essa valência biomotora.

treinamento_físico_maratonista_valências_biomotoras_treino_em_foco

Então para aumentar a resistência aeróbia é necessário melhorar o Vo2máx. Por sua vez para melhorar o Vo2máx, é necessário que o indivíduo tenha uma grande captação de oxigênio, transporte de forma eficiente essa grande quantidade de oxigênio e, por fim utilizar efetivamente na fibra muscular essas grandes quantidades de oxigênio. Dessa forma, ocorre um aumento o Vo2máx e conseqüentemente melhora da sua resistência aeróbia.

A valência biomotora de resistência aeróbia pode ser identifica em esportes como: futebol e futsal, obviamente juntamente com a exigência de outras valências biomotoras.

Normalmente para se treinar essa valência biomotora com executa-se treinamentos com menor velocidade de deslocamento e de membros, realizando exercícios de forma continua. Diante disso, para produção de energia para treinar essa valência biomotora a um maior gasto de gorduras ou ácidos graxos e glicogênio e forma aeróbia.

treinamento_físico_resistência_aeróbia_treino_em_foco_valências_biomotoras_

Quais a características da valência biomotora de resistência anaeróbia?

Na realização da resistência anaeróbia não a necessidade do uso de oxigênio, por isso é chamada de resistência anaeróbia. Essa valência biomotora tem por característica produzir elevados níveis de acidose muscular quando comparado com a resistência aeróbia. Normalmente quando se exige uma forte produção de resistência anaeróbia ocorre produção de lactato.

Para se treinar a valência biomotora de resistência anaeróbia ocorre a necessidade produzir movimentos com maior velocidade de deslocamento quando comparada a resistência aeróbia. Para se treinar resistência anaeróbia há necessidade dos indivíduos ou atletas suportarem um altos grau de produção de acidose muscular. Normalmente se treina de forma intervalada, e com isso se tem um gasto maior de glicogênio muscular e fosfocreatina de forma anaeróbia para a ressíntense de ATP.

O que é resistência muscular?

A resistência muscular é caracterizado com a capacidade de um músculo repetir várias contrações sequenciais cíclicas ou acíclicas, mantendo a contração sem ocorrer uma fadiga precoce. Ou seja quanto mais tardia ocorrer a fadiga maior será o nível de resistência muscular do indivíduo ou atleta. No ciclismo além doa atletas sofrerem uma alta exigência de resistência aeróbia, exigirá uma grande necessidade de resistência muscular.

treinamento_físico_treino_em_foco_resistencia_muscular_valênicas_biomotoras

Na sequência descreveremos a resistência geral e especifica.

Como caracterizar se a resistência muscular é geral ou localizada?

Se o movimento esportivo está exigindo um trabalho de resistência mais pontual, dessa forma, caracterizaremos como resistência muscular localizada. Por exemplo na natação exige-se  a necessidade de produção de resistência de vários grupos musculares, caracterizando como resistência muscular geral.

Qual a visão geral da valência biomotora resistência?

Dentro das resistências a que depende fortemente do consumo de oxigênio é chamada de resistência aeróbia. Encontramos a que não depende do consumo de oxigênio como a resistência anaeróbia e, temos a resistência muscular que dependendo da quantidade de grupos musculares envolvidos pode ser geral ou localizada.

Na sequência descreveremos a relação entre força, velocidade e resistência.

Qual a relação entre força, velocidade e resistência no treinamento físico?

Por exemplo no esporte powerlifting ocorre grande necessidade dos atletas produzirem  força dinâmica máxima. Entretanto eles (powerlifting) necessitam de uma certa dose de velocidade para realizar o movimento, ou seja, para vencer a quilagem imposta. No entanto, necessitam de pouca resistência.

Agora se analisarmos um atleta de 100 metros rasos, necessitará de alta dose de velocidade, um certo grau de força principalmente na saída do bloco(largada), entretanto esse atletas não necessitaram da valência biomotora resistência. Porém, pensando em atletas de fundo (maratonistas) podemos notaremos que necessitarão de resistência, de um certo grau de velocidade para correr em alta velocidade. Entretanto não corre a necessidade de grande produção de força muscular.

Já o esporte futebol exigirá de seus atletas uma boa dose de força, resistência e velocidade. Porém a velocidade hoje em dia é a valência biomotora mais importante no futebol.

treinamento_físico_treino_em_foco_valências_biomotoras_esportes_coletivos_com_bola

O que podemos concluir sobre a características dos esportes coletivos com bola?

Então nos esportes coletivos com bola não temos somente uma única valência biomotora como a mais importante, e sim, várias valência biomotoras sendo exigidas para realizar esse esportes coletivos com bola. Diante desse cenário, para realizarmos o treinamento físico e com eficiência para esses atletas devemos analisar todas as valências biomotoras exigidas e treiná-las de forma conjunta.

Seguidor não perca o primeiro vídeo sobre treinamento físico para esportes coletivos com bola.