controle da carga de treinamento pela frequência cardíaca

Please log in or register to like posts.

         Quando um profissional de Educação Física prescreve um treinamento, seja ele de cunho neuromuscular (como a musculação) ou cardiovascular (como uma caminhada/corrida), este deve controlar adequadamente a carga de esforço ao qual o praticante será submetido.

         Em treinamentos cardiovasculares (aeróbios) várias formas são disponíveis para controlar a carga de esforço físico. Entretanto, o monitoramento da FC é o mais usual dos métodos de controle e se torna o mais utilizado devido à fácil aferição (mensuração), é um método barato e preciso.

         O monitoramento mais barato da FC durante o exercício físico é através de palpação da artéria carótida posicionada lateralmente ao pescoço. Através dos dedos médio e indicador posicionando estes com polpa da última falange (“digitais” dos dedos) sobre a carótida e conta-se em 10 ou 15 segundo os batimentos percebidos. Quando mensurada a FC em 10 segundos multiplaca-se por 6 para obter o valor dos batimentos em um minuto (bpm) e quando mensurada em 15 segundos multiplica-se por 4 para o bpm.

         Durante o exercício físico o monitoramento da FC em 60 segundos (1 minuto) faz com que, durante o período de contagem dos bpms, esta diminua, isto é, teremos um valor da FC mais baixo que o valor real produzido pelo exercício. Desta forma, os tempos corretos de contagem da FC são em 10 ou 15 segundos.

Texto produzido pelo Prof. Dr. João Moura

CREF 07870-G/SC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *