Eletromiografia tem como principal objetivo verificar a ativação muscular em determinadas tarefas motoras.

treino_em_foco_eletromiografia_ativação_muscular_análise_de_exercício

A técnica de eletromiografia tem como principal objetivo verificar e monitorar a atividade elétrica das células musculares, ou seja, das fibras musculares. A eletromiografia pode ser realizada de duas formas: primeira forma é através da inserção de agulhas no ventre muscular, dessa forma permitindo a captação do sinal elétrico advindo de um grupo específico de unidades motoras; a segunda forma principal de aplicação da eletromiografia é através da fixação de eletrodos na superfície da pele na exata região correspondente ao ventre muscular, identificando dessa forma a atividade eletroquímica de várias unidades motoras.

A técnica de eletromiografia vem sendo utilizada em muito estudos para identificar a ativação muscular de determinados músculos em exercícios específicos. Ou seja, através da eletromiografia é possível identificar se ocorre modificação da ativação muscular em virtude de modificação na técnica de execução de determinados exercícios. Diante disso, é um técnica que contribui para constante evolução principalmente da área de Educação Física para a prescrição de exercícios no treinamento resistido com pesos ou musculação.

 No programa de hoje da série Fisiologia do Treino apresentaremos para vocês seguidores o que é e, para que é utilizado a eletromiografia.

O que é eletromiografia?

Eletromiografia é uma forma/procedimento ou técnica que tem como objetivo verificar a ativação muscular, ou seja, o recrutamento de unidades motoras em uma determinada movimentação de um exercício.

Aonde a eletromiografia é aplicada?

A técnica de eletromiografia é utilizada em vários esportes com objetivo de identificar a ativação muscular em determinados movimentos específicos, de uma determinada modalidade. Entretanto, a sua maior utilização são para análises de exercícios do Treinamento Resistido com Pesos (TRP) ou musculação.

eletromiografia_de_superfície_treino_em_foco_análise_de_exercício_ativação_muscular

Como é realizado o procedimento de eletromiografia para analisar a ativação muscular em um determinado exercício por exemplo de musculação?

Para realizar o procedimento e análise da ativação muscular através da técnica (procedimento) da eletromiografia é necessário aplicar eletrodos no indivíduo, essa aplicação pode ser realizada de duas formas distintas:

– na primeira forma os eletrodos são aplicados de forma profunda, ou seja, eletrodos de agulha. Essa forma invasiva de aplicação da eletromiografia, tem como objetivo verificar o sinal eletroquímico advindo de um unidade motoras específica.

treino_em_foco_eletromiografia_de_agulha_análise_de_exercício_musculaçao

–  a segunda forma de realizar a eletromiografia é aplicar eletrodos de superfície no indivíduo, sobre exata região do ventre muscular. Essa é a forma mais comum de aplicação da eletromiografia para análise por exemplos de exercícios de TRP.

Já que a principal forma de aplicação da eletromiografia é através de eletrodos de superfície, apresentaremos na sequencia algumas características da análise eletromiográfica com utilização desse eletrodos de superfície.

eletromiografia_treino_em_foco_análise_de_exercício_musculação

Quais as características da análise dos eletrodos de superfície na eletromiografia?

Esse eletrodos de superfície são posicionados sobre a pele e tem como principal objetivo é captar o sinal elétrico do músculo.

Como assim captar o sinal elétrico do músculo?

Se pensarmos do ponto de vista fisiológico devemos lembrar que o músculo, ou seja, a fibra muscular quando se contrair ocorrerá uma modificação do potencial elétrico da membrana muscular. Ou seja, devido a movimentação de determinados elementos químicos como por exemplo o sódio ao se movimentar da parte extracelular para a parte intracelular através de canais de sódio que estão localizados na membrana celular da fibra muscular, produzirão um aumento da positividade na parte interna da membrana celular. Com isso, ocorrerá a geração de um potencial de ação local que é denominado de potencial de placa motora. Esse potencial de placa motora por sua vez irá gerar um potencial de ação por toda a membrana da fibra muscular até as suas extremidades.

Então, para um indivíduo executar um exercício irá ocorrer a geração de um comando nervoso no cérebro que irá “viajar” pela medula espinha através de um neurônio e chegará até um determinado ponto da medula espinhal aonde se encontra-se o motoneurônio que efetivamente irá excitar a fibra muscular. Dessa forma, no momento em que o potencial de ação através do motoneurônio que tem origem no corno anterior da medula espinhal chegar a fibra muscular produzirá uma despolarização da membrana, que em seguida deflagrará a contração muscular. Lembrando que essa explicação é de um forma geral.

Dessa forma, a eletromiografia através dos eletrodos de superfície terá a capacidade de captar essa modificação eletroquímico do músculo (geração do potencial de placa motora e consequente potencial de ação). Diante disso, quanto maior for a modificação eletroquímica desse músculos, maior será a ativação desse determinado músculos e obviamente maior ou mais forte será o sinal que os eletrodos captaram na eletromiografia. Esse cenário de denominado de captação de unidades motoras.

eletromiografia_treino_em_foco_musculação_

Qual a informação principal que a eletromiografia traz?

Como a eletromiografia capta a intensidade da ativação muscular de um determinado músculo, ou seja, a intensidade da atividade eletroquímica das unidades motoras, esse sinal elétrico captado principalmente pelos eletrodos de superfície está intimamente atrelado a ativação muscular, porém não com a capacidade de produção de força.

Dessa forma, através de registros gráficos e matemáticos é possível ler o registro elétrico da ativação de um determinado músculo e com isso pode-se identificar se um grupo muscular ou músculo está sendo mais ativado ou não em um determinados exercício. A partir dessa modificação eletroquímica das suas unidades motoras. Dessa forma, deve-se ficar claro que ao modificar-se o sinal elétrico para mais obviamente a solicitação muscular aumenta, entretanto ao modificar o sinal elétrico para menos a ativação muscular diminui.

eletromiografia_treino_em_foco_recrutamento_de_unidades_motoras_musculação

Qual a aplicabilidade da eletromiografia?

Imaginemos que um indivíduo esteja realizando o exercício de supino reto, porém esse mesmo indivíduo passa agora a realizar o exercício de supino inclinado. Dessa forma, despertou-se nesse indivíduo o interesse em saber se as fibras ou feixes claviculares (fibras superiores) do músculo peitoral maior são mais acionadas no momento da execução do exercício supino inclinado. Entretanto, esse mesmo indivíduo tem interesse em identificar também se as fibras anteriores do deltoide anterior também são mais acionadas no exercício supino reto ou inclinado.

Essa dúvida desse indivíduo ou praticante pode ser respondida através da eletromiografia. Ou seja, através da colocação dos eletrodos de superfície como descrito anteriormente no texto sobre a região muscular do músculos deltoide anterior e sobre as fibras claviculares ou superiores do peitoral maior, será possível identificar a atividade eletroquímica do músculos em questão e, através da comparação do sinal elétrico dos músculos (deltoide anterior e fibras claviculares do peitoral maior) identificar em qual situação de execução esses músculos são a mais ativados.  Através da eletromiografia é possível identificar se ocorre ou não modificação e principalmente se ocorre, qual a intensidade e magnitude dessa modificação do sinal elétrico desse músculos, ou seja, da sua ativação.

Diante disso, podemos entender que a eletromiografia vem a responder diversos questionamentos de ativação muscular em determinados exercícios que vocês seguidores colocam nos canais de mídia do Treino em Foco.

eletromiografia_de_superfície_treino_em_foco_análise_de_exercício_ativação_muscular

Seguidor, não perca a vídeo aula de hoje e sabia o que é e, como a eletromiografia é utilizada para análise da ativação muscular nos exercícios de treinamento resistido com pesos ou musculação.