A biofotogrametria é uma excelente estratégia para analisar e quantificar a intensidade do desvio postural de joelho recurvato.

joelho_recurvato_treino_em_foco_avaliação_postural_biofotogrametria_

O desvio postural de joelho recurvato pode ser visualizado nas pessoas com grande frequência nas academias. Diante disso, é importante que o personal trainer realize um treinamento na tentativa de minimizar ou até mesmo eliminar o desvio postural de joelho recurvato. Entretendo, antes da prescrição das cargas de treinamento visando a correção desse desvio postural é importante realizar uma avaliação postural, para identificar qual o grau de joelho recurvato que o indivíduo apresenta.

Diante disso, uma ótima estratégia é realizar a avaliação postural via biotogrametria, pois permitirá ao personal trainer/avaliador quantificar a intensidade do desvio postural de joelho recurvato em graus. Com essa informação poderá prescrever um trabalho corretivo na intensidade e volume correto para esse indivíduo portador desse desvio postural.

desvio_postural_joelho_recurvato_treino_em_foco_biofotogrametria

Qual o objetivo da série Desvios Posturais?

O principal objetivo da série Desvios Posturais do Treino em Foco é apresentar formas de diagnosticar as alterações posturais ou desvios posturais através do método de biofotogrametria. Nos programas anteriores apresentamos como utilizar a biofotogrametria para identificar e quantificar os desvios posturais de joelho valgo e joelho varo.

No programa de hoje apresentaremos como identificar através da metodologia biofotogramétrica e principalmente quantificar o desvio postural de joelho recurvato, que ocorre no plano sagital.

Qual as características do desvio postural de joelho recurvato?

Quando um indivíduo apresenta o desvio postural de joelho recurvato ocorrerá uma hiperextensão dos membros inferiores ou mais precisamente da articulação dos joelho, visto no plano sagital ou de uma vista lateral.

Então a característica que podemos notar visualmente de um indivíduo que possui o desvio postural de joelho recurvato é a hiperextensão dos joelhos.

Na sequência descrevermos quais pontos anatômicos (processos ósseos) devem ser identificados e demarcados para análise biofotogramétrica do joelho recurvato.

Quais pontos anatômicos ou processos ósseos devem ser identificados e demarcados para realizar a análise do desvio postural de joelho recurvato via biofotogrametria?

Primeiramente o avaliador deverá identificar através da técnica de anatomia palpatória o processo ósseo do trocanter maior de fêmur e demarca-lo com uma esfera demarcatória (bolinhas de isopor). Na sequencia o avaliador deverá identificar (técnica anatomia palpatória) o processo ósseo ou ponto anatômicos da cabeça da fíbula e, demarca-lo novamente com uma esfera demarcatória (bolinha de isopor).  E por fim, é necessário a identificação (técnica de anatomia palpatória) e demarcação do ponto anatômico (processo ósseo) do maléolo lateral e como nas situações anteriores citadas demarca-lo com um esfera demarcatória.

Lembrando que a identificação e demarcação via esferas demarcatórias dos pontos anatômicos devem ser realizadas com a maior atenção e precisão possível, para que posteriormente se obtenha uma medida confiável do desvio postural de joelho recurvato.

joelho_recurvato_treino_em_foco_biofotogrametria_

Na sequência descrevermos como quais seguimentos de reta devem ser fromados para a avaliação do joelho recurvato.

Como formar o ângulo para avaliação via biofotogrametria do joelho recurvato?

Após realização das demarcações e fixações da esferas demarcatórias, o avaliador deverá em um software especifico realizar a formação de seguimentos de reta entre o troncanter maior do fêmur e a cabeça da fíbula. Um outro seguimento de reta deverá ser formado entre a cabeça da fíbula e o maléolo lateral.

Realizado esses seguimentos de reta será formado um ângulo na parte posterior da articulação do joelho. Dessa forma, teremos um valor em grau para identificar a presença ou não do desvio postural de joelho recurvato.

treino_em_foco_desvio_postural_joelho_recurvato_avaaliação_postural_biofotogrametria

Qual os valores de ângulo formado entre os seguimentos de reta para identificar a presença ou não de joelho recurvato?

Imaginemos que o avaliador esteja analisando um indivíduo A e para medida de joelho recurvato obtenha-se o valor de 179,3°. Com esse valor angular poderemos considerar que esse indivíduo apresenta uma postura do joelho no palno sagital normal, ou seja, esse indivíduo não apresenta uma hiperextensão da articulação do joelho, logo o seu joelho está em um posicionamento normal. Entretanto, na análise de um indivíduo B o mesmo avaliador obtenha um valor de 189,4°, ou seja, um valor bem maior do que o indivíduo A citado anteriormente. Nessas circunstâncias e com esse valor obtida (189,4°) na medida podemos considerar o indivíduo B com o desvio postural de joelho recurvato.

Ou seja, podemos notar que se um indivíduo apresenta o desvio postural de joelho recurvato o ângulo formado entre os seguimentos de reta de trocanter maior + cabeça da fíbula e, cabeça da fíbula + maléolo lateral será maior que 180,0°. Isso ocorrerá em virtude do posicionamento de hiperextensão da articulação joelho.

desvio_postural_joelho_recurvato_treino_em_foco_biofotogrametria

Qual a vantagem em utilizar a biofotogrametria para a análise do desvio postural de joelho recurvato?

Como apresentado em programas anteriores uma das grandes vantagens em utilizar-se avaliação postural via biofotogrametria é proporcionar ao avaliador quantificar em graus os desvios posturais e, essa é uma vantagem também que ocorre na análise para o joelho recurvato.

Outra vantagem de utilizar a biofotogrametria para análise do joelho recurvato é proporcionar ao avaliador escalonar a intensidade do posicionamento de joelho recurvato, ou seja, conseguirá comparar e analisar as diferenças da intensidade (em graus) dos desvios postural entre vários indivíduos que apresentem essa alteração.

biofotogrametria_joelho_recurvato_treino_em_foco_avaliação_postural_treino_em_foco

Como a avaliação do desvio postural de joelho recurvato através da biofotogrametria auxiliará o personal trainer na prescrição do exercício corretivo?

Como citado anteriormente no texto a avaliação do desvio postural de joelho recurvato via biofotogrametria trará   ao personal trainer a possibilidade de identificar a intensidade em graus do desvio em questão. Dessa forma, proporcionará ao personal trainer conseguir prescrever com maior critério as cargas de treinamento visando a minimização desse desvios. Ou seja, se um indivíduo apresenta alto grau de joelho recurvato obviamente o treinamento terá que ser mais intenso para esse indivíduo. Entretanto, se outro indivíduo apresenta também joelho recurvato porém em uma menor magnitude de intensidade o treinamento prescrito deverá ser mais brando do que para o indivíduo com grande desvio de recurvato.

Outra vantagem para personal trainer com a utilização da avaliação postural via biofotogrametia é conseguir ao longo do tempo verificar a evolução do indivíduo com o treinamento aplicado para minimizar o grau de joelho recurvato. Com isso o personal trainer conseguirá manipular de forma precisa as cargas de treinamento visando a melhora desse desvio postural.

biofotogrametria_joelho_recurvato_treino_em_foco_avaliação_postural_treino_em_foco

Quais os outros pontos de analise postural no plano sagital ou vista lateral podemos ser analisados?

Na vista sagital ou lateral do avaliado pode-se realizar a análise postural do posicionamento da pelve e identificar se a mesma encontra-se em uma posição de retroversão, anteversão ou normal. É possível também realizar a avaliação das curvaturas da coluna vertebral, ou seja, verificar a região lombar da coluna vertebral e analisar se o avaliado se encontra-se com um posicionamento de hiperlordose lombar, hipolordose lombar ou em um posicionamento normal da lordose lombar.

Ainda em vista lateral ou sagital é possível através da biofotogrametria analisar e quantificar o ângulo da curvatura de cifose torácica e, com isso identificar se o indivíduo encontra-se em hipocifose, hipercifose ou em posicionamento normal.

treino_em_foco_avaliação_postural_biofotogrametria_joelho_recurvato

Seguidor, não perca a vídeo aula de hoje e saiba como realizar a avaliação do desvio postural de joelho recurvato através da biofotogametria.