Por que é importante realizar uma avaliação postural do aluno/cliente?

Hoje em dia, em virtude das atividades do labor a maioria das pessoas apresentam encurtamentos ou hipotonias musculares, que levam a desequilíbrios entre pares antagônicos, refletindo em desequilíbrios articulares e consequentemente em desvios posturais. Diante disso, alguns desvios posturais podem vir a causar quadros álgicos em seus portadores que levam a limitações para realizar certos movimentos do seu dia a dia. Além disto existem alguns desvios que podem limitar a execução de determinados exercícios. Por exemplo, para um aluno/cliente que apresente uma hiperlordose não seria interessante, em um primeiro momento realizar exercícios de agachamento com barra sobre o trapézio, em virtude da carga axial projetada sobre uma coluna que não encontra-se mais em uma posição adequada, e assim torna-se fragilizada para sustentar este tipo de carga.

Portanto, em virtude desses aspectos citados acima, obviamente existem outros é de fundamental importância que a avaliação postural seja incluída previamente a prescrição do treinamento.

Quais as formas/metodologias mais utilizadas para realizar a avaliação postural nas academias?

Existem vários formas e metodologias de avaliação postural, ou seja, a via analise somente visual onde o aluno/cliente ficará a uma certa disstancia e o avaliador qualitativamente realiza anotações da postura do mesmo; via fio de prumo, nesta o avaliador solicita para que o aluno/cliente fica ao lado do fio de prumo em diferentes posturas e realiza um registro fotográfico, e após realiza uma avaliação qualitativa da postura; e também temos a avaliação via simetrografo, onde o avaliador poderá realizar sem ou com registro fotográfico. Essa é a forma de avaliação que iremos explorar no texto.

Então, como é realizado avaliação postural via Simetrografia?

Para realizar essa forma/metodologia de avaliação postural, necessita-se de um aparelho denominado de simetrografo. Esse tem como característica ser um retângulo, que apresenta em sua estrutura linhas horizontais, e verticais que se cruzam. Assim, estas linhas horizontais e verticais formam quadriculados, ou seja, quadrados no seu desenho, e esses quadrados serão usados pelo avaliador para ter como referência de  bom alinhamento e nivelamento postural.

Um ponto importante a salientar é que essas linhas deverão estar totalmente horizontalizadas e verticalizadas dentro do aparelho Simetrógrafo. Outro ponto é identificar se o solo está totalmente horizontalizado, para que o simetrografo não fique inclinado. Portanto, o avaliador deverá tomar esses cuidados para que não ocorra uma análise equivocada da postura.

Como realizar a avaliação postural por Simetrografia?

 Na avaliação postural por Simetrografia, existe três formas de avaliar, ou seja em vista frontal, lateral (lado direito e esquerdo) e a avaliação posterior. A sequência mais lógica para avaliação postural é: primeiro uma avaliação frontal do aluno/cliente, nesta o avaliador deverá buscar analisar alguns desalinhamentos, na sequência deverá realizar a avaliação vista posterior, isto é, pedir para o indivíduo virar de costas para o avaliador verificar os possíveis desvios na vista posterior; por fim, em vista lateral onde o avaliador deverá buscar principalmente analisar as curvaturas de lordose e cifose.

Um ponto importante a salientar para posicionar o aluno/cliente de forma adequada atrás do simetrografo, é o avaliador primeiramente usar uma das linhas verticais e alinhar essa linha com a ponta do nariz do avaliado. Na sequência, o avaliador deverá se se posicionar a uma distância de três metros do avaliado, e dessa distância realizar a avaliação postural por Simetrografia.

 Então alunos, querem conhecer e aprender como realizar a avaliação postural por Simetrografia , não perca está vídeo aula.