Como ESTÁ seu treinamento para TRÍCEPS BRAQUIAL?
VOCÊ está executando EXERCÍCIOS ESPECÍFICOS, para essa musculatura?
Ou para seu CLIENTE você PRESCREVE exercícios específicos para o TRÍCEPS BRAQUIAL?
Você CONHECE o exercício de CHUTE DE TRÍCEPS na polia com CORDA?
Dentro da sua ROTINA de treinamento para TRÍCEPS já EXECUTOU ou EXECUTA esse exercício?
Aliás , você SABE como EXECUTAR CORRETAMENTE esse exercício? E ainda conhece a VARIAÇÃO desse exercício?

E por fim, qual o POSICIONAMENTO GLENOUMERAL no momento da execução do CHUTE DE TRÍCEPS e na VARIAÇÃO desse exercício?
Será que EXISTE DIFERENÇA entre os exercícios? Será que a INFLUÊNCIA do posicionamento glenoumeral na produção e FORÇA DE TRÍCEPS BRAQUIAL?

No exercício de CHUTE DE TRÍCEPS, na polia com a CORDA, o executante deve POSICIONAR a altura da POLIA mais ou menos no MEIO do seu CORPO, ou seja, na ALTURA DO UMBIGO. Durante a execução do EXERCÍCIO o executante irá realizar EXTENSÕES E FLEXÕES do COTOVELO, a ARTICULAÇÃO GLENOUMERAL durante TODA a execução irá se encontrar em uma LEVE EXTENSÃO GLENOUMERAL ou do ombro em relação a posição de ORTOSTASE.

O TRÍCEPS BRAQUIAL em sua CABEÇA LONGA é ADUTORA E EXTENSORA GLENOUMERAL ou do ombro, então como o indivíduo no momento da EXECUÇÃO do CHUTE DE TRÍCEPS se encontra com a ARTICULAÇÃO GLENOUMERAL em EXTENSÃO para a execução do exercício, a CABEÇA LONGA DO TRÍCEPS BRAQUIAL se encontra mais ENCURTADA. Na VARIAÇÃO desse exercício para TRÍCEPS BRAQUIAL, a ARTICULAÇÃO GLENOUMERAL irá se encontrar em uma FLEXÃO MAIOR QUE 90º, ENTÃO a CABEÇA LONGA do tríceps não se encontra TÃO ENCURTADA, como na execução ANTERIOR.

Então temos que ENTENDER que na primeira execução no CHUTE DE TRÍCEPS na polia com corda , a ARTICULAÇÃO GLENOUMERAL se encontra em EXTENSÃO, e na VARIAÇÃO, a ARTICULAÇÃO GLENOUMERAL se encontra em FLEXÃO, e como a CABEÇA LONGA do tríceps braquial é EXTENSORA GLENOUMERAL, no chute de tríceps ela irá se encontrar MAIS ENCURTADA do que na VARIAÇÃO, aonde a ARTICULAÇÃO GLENOUMERAL se encontra em FLEXÃO.

Levando em CONSIDERAÇÃO o CICLO ENCURTAMENTO TENSÃO MUSCULAR que nos fala de forma geral que, quanto MAIS ENCURTADO estiver um MÚSCULO, MENOR a sua capacidade de PRODUZIR FORÇA. Então podemos CONCLUIR que no CHUTE DE TRÍCEPS a cabeça longa do TRÍCEPS BRAQUIAL irá se encontrar MAIS ENCURTADA, porque a ARTICULAÇÃO GLENOUMERAL está em EXTENSÃO,  diminuindo sua capacidade da CABEÇA LONGA do tríceps de PRODUZIR FORÇA. Já na VARIAÇÃO,  a ARTICULAÇÃO GLENOUMERAL está em flexão, e a cabeça longa do TRÍCEPS irá se encontrar MAIS ALONGADA, AUMENTANDO sua capacidade de PRODUZIR FORÇA.

NÃO PERCA o TEF ANÁLISE DE EXERCÍCIO de hoje, e tire todas suas DÚVIDAS sobre o EXERCÍCIO PARA TRÍCEPS, e qual o POSICIONAMENTO GLENOUMERAL e se esse posicionamento terá INFLUÊNCIA sobre a capacidade de PRODUÇÃO DE FORÇA DE TRÍCEPS BRAQUIAL.