Para realizar um trabalho de aumento de volume muscular ou hipertrofia é interessante que a velocidade de execução seja rápida na fase concêntrica e lenta (sustentada) na fase excêntrica dos exercícios.

treino_em_foco_velocidade_de_execucao_exercicios_treinamento_resistido_com_pesos

Muitos indivíduos que iniciam na pratica do treinamento resistido com pesos ou musculação preocupa-se com a velocidade de execução. Em alguns tipos de treinamento a velocidade de execução é um componente importantíssimo. Caso o objetivo do indivíduo seja desenvolver potência muscular é interessante que o mesmo realize os exercícios de forma explosiva e veloz. Pois como nós sabemos a valência biomotora potência muscular é derivada da velocidade e força. Diante disso, passe ser primordial que execute-se os exercícios de forma veloz. Já se o objetivo seja o desenvolvimento de força pura, mesmo que o indivíduo busque acelerar os movimentos ele não conseguirá. Isso ocorre porque no treinamento de força pura necessitará da implicação de altas quilagens, com isso impossibilitando a aceleração do movimento.

Por fim, caso o indivíduo busque desenvolver o aumento da volume muscular ou hipertrofia deverá executar a fase concêntrica dos movimentos de forma explosiva. Com isso buscando impor ao seu sistema nervoso central o acionamento das unidades motoras maiores. Dessa forma, um maior número de fibras musculares do tipo II serão introduzidas no trabalho. Fibras essas que respondem melhor ao treinamento de força. Já na fase excêntrica em um treinamento que vise o desenvolvimento de hipertrofia muscular a velocidade de execução deverá ser lenta e sustentada visando máxima a microlesão tecidual(sarcomial).

Qual a velocidade de execução que deve-se utilizar para no treinamento resistido com pesos ou musculação?

Muitos indivíduos que ingressam na pratica do treinamento resistido com pesos ou musculação preocupam-se em saber qual a velocidade de execução realizar em seus treinos. Entretanto, muitos praticantes ainda acreditam que devem executar de forma rápida os movimentos nos exercícios de musculação e, isso muito vezes não tem influência direta nos resultados do treinamento. No entanto, treinos para algumas valências biomotoras como potência muscular necessitam de uma forma especifica de velocidade de execução.

Qual a velocidade de execução que deve ser realizada em um treinamento para desenvolver potência muscular?

Como todos nós sabemos a valência biomotora de potência muscular é derivada da força e velocidade. Ou seja, olhando do ponto de vista da física potência é força x velocidade. Diante dessas condições em sessões de treinamento resistido com pesos ou musculação voltadas para o desenvolvimento de potência muscular passa a ser fundamental a execução dos exercícios na maior velocidade possível. Dessa forma, se o objetivo seja realizar um treinamento para o desenvolvimento de potência muscular os movimentos a serem executados deverão ser rápidos.

Um ponto importante a salientar é que o treinamento para o desenvolvimento de potência devido a necessidade de executar-se com alta velocidade de execução passa a ser de certa forma agressivo para as articulações e ligamentos. Com isso, poderá gerar um maior nível de lesões nos praticantes. Dessa forma, é necessário realizar o treinamento de potência com certo cuidado e com ótima técnica.

treino_em_foco_velocidade_de_execucao_exercicios_musculacao

Caso o indivíduo praticante não busque o desenvolvimento de potência muscular, qual a velocidade de execução recomendada nos exercícios de musculação?

Se o objetivo principal do indivíduo não seja o desenvolvimento de potência muscular com a pratica do treinamento resistido com pesos ou musculação, passa a ser recomendado que o mesmo realize os exercícios com uma velocidade de execução moderada. Pois como apresentando anteriormente a execução dos exercícios em alta velocidade poderá aumentar a chance de ocorrência de lesões.

Imaginemos que o indivíduos esteja realizando seus treinamento na musculação visando desenvolvimento de força pura. Diante disso, por mais que o indivíduo busque acelerar, ou seja produzir a máxima velocidade possível na fase concêntrica por exemplo do exercício supino reto a sua velocidade de execução será extremante lenta. Isso ocorrerá em virtude das altas quilagens que estão sendo impostas contra o movimento.  Dessa forma, podemos entender que para o desenvolvimento de força pura o movimento inevitavelmente será lento, em virtude das altas quilagens impostas.

Qual a velocidade de execução que deve-se ser realizada para o desenvolvimento de resistência muscular geral ou localizada?

 Em uma sessão de treinamento resistido com pesos ou musculação que vise o desenvolvimento de resistência muscular geral ou localizada o indivíduo necessitará executar um maior número de repetições. Geralmente em treinos pra desenvolver resistência muscular geral e localizada é acima de 15 repetições. Diante disso, quando obviamente para atingir esse número de repetições as quilagens utilizadas deverão ser menores quando comparadas as quilagens utilizadas em um treino visando desenvolver força pura. Com essa quilagem menor se o indivíduo quiser acelerar o movimento tanto na fase concêntrica como excêntrica ele conseguirá. Entretanto, realizar o movimento de forma acelerada não trará nenhum efeito fisiológico positivo para o desenvolver resistência muscular geral e localizada. Com isso, podemos entender que a velocidade de execução não terá influência na adaptação biológica produzida.

E em um treinamento visando ou aumento do volume muscular ou hipertrofia qual a velocidade de execução que deve-se realizar?

Em uma sessão de treinamento resistido com pesos ou musculação que vise o desenvolvimento de hipertrofia muscular as quilagens impostas aos exercícios não permitiram com que o indivíduo venha a acelerar principalmente a fase concêntrica do movimento. No entanto em no treinamento de hipertrofia muscular é interessante que o indivíduo busque acelerar o movimento na fase concêntrica. Com essa estratégia (acelerar o movimento na fase concêntrica), o indivíduo exigirá do seu sistema nervoso central que ele busque o recrutamento de um maior número de unidades motoras e das maiores.

velocidade_de_execucao_hipertrofia_muscular_treino_em_foco_fase_concentrica

É importante lembrar que as unidades motoras maiores são formadas por fibras musculares do tipo II, ou seja, as fibras brancas. Essas fibras tem como principal característica produzir maiores níveis de força quando comparadas as fibras vermelhas e também produzir uma melhor resposta ao treinamento de hipertrofia. Ou seja, as fibras brancas hipertrofiam-se mais quando comparados as fibras vermelhas.

Já na fase excêntrica de qualquer exercício que esteja sendo realizando com o objetivo de desenvolvimento de hipertrofia muscular a velocidade de execução deverá ser realizada de forma lenta e sustentada. Essa estratégia para realização da fase excêntrica é executada para que busque-se uma maior grau de microlesão tecidual, ou seja, microlesão sarcomial.

treino_em_foco_velocidade_de_execucao_exercicios_para_hipertrofia_muscular

Seguidores, não percam a vídeo aula de hoje e saibam qual a velocidade de execução ideal para realizar os exercícios de musculação.