O treinamento resistido com pesos ou musculação poderá auxiliar no processo de emagrecimento

Treino_em_foco_musculação_emagrecimento

Como o treinamento resistido com pesos ou musculação pode contribuir pra o processo de emagrecimento?

Existem algumas técnicas, ou formas de trabalhar no treinamento resistido com pesos ou musculação, que irão contribuir de uma forma bem significativa para o processo de emagrecimento. Claro que isso deve ser prescrito individualmente para cada praticante. Neste vídeo e texto falaremos de uma forma genérica aspectos relacionados ao TRP ou musculação envolvidos no programa de treinamento para emagrecimento.

O trabalho da musculação ou treinamento resistido com pesos no emagrecimento, tem uma lógica bem básica, ou seja, fazer o máximo de consumo de energia durante o treino. Além disso, deve ter por objetivo gerar um aspecto importante que normalmente no trabalho em zona lipolítica, ou seja, o trabalho continuo não consegue, que é PRODUZIR um gasto energético significativo no pós treino.

Treino_em_foco_musculação_emagrecimento

Mas por que ocorre esse gasto de energia excessivo mesmo após o termino da sessão de musculação?

Esse consumo de energia no pós treino ocorre em função de aspectos fisiológicos de recuperação do que foi gasto durante o treinamento de musculação visando o emagrecimento. O Treino em Foco, já gravou um programa falando especificamente do EPOC, assista para uma melhor compreensão. Mas em linhas gerais o EPOC é um consumo excessivo de oxigênio no pós treino, e isso está diretamente relacionado a recuperação fisiológica do organismo, dos desgastes fisiológicos que ocorreram durante o treinamento de musculação com objetivo de emagrecimento.

Portanto, se conseguirmos produzir um programa de treinamento na musculação, que gere um gasto energético significativo no pós treino, ou seja, gere um EPOC significativo, a musculação estará contribuindo para o processo de emagrecimento.

Treino_em_foco_musculação_emagrecimento

Em linhas gerais como montar uma sessão de treino na musculação para um aluno/cliente que visa emagrecimento?

Obviamente como já estamos citando ao longo das vídeos aulas para contribuir com o emagrecimento é necessário produzir um aumento do gasto energético, pois isso irá aumentar o déficit energético e assim contribuir para o objetivo (emagrecimento).

Diante disso, seria interessante ao longo do tempo que o personal trainer viesse a selecionar exercícios que tivessem um grande envolvimento muscular. Ou seja, introduzir exercícios que envolvem de forma significativa grupos musculares grandes certamente produzirá um gasto energético maior ao comparado com exercícios que tem baixo envolvimento muscular.

Além disso, trabalhar com uma zona de repetições em que se entre de forma significativa na ressíntese de ATP (adenosina trifosfato) através da glicólise anaeróbia também poderá ser algo interessante, pois no pós treino ocorre maior necessidade de utilização de energia para ressíntese por exemplo de glicogênio muscular, entre outros fatores já descritos. Porém, parece não ser interessante trabalhar com quilagens muitos baixas, pois o recrutamento de unidades motoras será baixo. Assim, treinar com quilagens que permitam realizar entre 16 a 10 repetições máximas ou submáximas pode ser uma estratégia interessante. Obviamente, com um iniciante essa margem de repetições e quilagem pode ser menor para não produzir um estresse muito grande nas primeiras sessões. Porém, ao longo do tempo aplicar essa estratégia pode ser interessante levando em consideração esses aspectos fisiológicos citados acima.

Treino_em_foco_musculação_emagrecimento

 Então SEGUIDOR que está buscando estratégias de treinamento para emagrecimento, NÃO PERCA o vídeo de hoje e saiba de que forma o TRP ou musculação contribui para o emagrecimento.