VO2 máximo é uma medida que representa a capacidade máxima que um indivíduo tem em consumir oxigênio.

treino_em_foco_VO2_máximo_treinamento_aeróbio_exercícios_aeróbios_corrida

O que significa VO2 Máximo?

O VO2 máximo representa a máxima capacidade de um indivíduo tem em consumir o oxigênio. Ou seja, o valor do VO2 máximo é a capacidade máxima do corpo de um indivíduo em absorver o gás oxigênio do meio ambiente, em seguida transportá-lo e metabolizar esse oxigênio durante um exercício físico. Dessa forma, o valor do VO2 máximo representa a variável que refletirá a capacidade aeróbia de um praticante ou atleta de corrida.

Ocorre alteração dos valores de VO2 máximo em virtude da pratica de treinamento de corrida ou endurance?

O consumo máximo de oxigênio (VO2 máximo) aumenta como resultado do treinamento de endurance ou corrida. Entretanto, a magnitude do aumento dependerá do tipo de programa aplicado, ou seja, da intensidade e volume do treinamento realizado pelo indivíduo.  Segundo o ACSM (1998) ocorrem aprimoramentos entre 5-30%, porém é comum observa-se aumentos de 15% no valor do VO2 máximo. Melhoras rápidas podem ser observadas nas primeiras duas semanas de treinamento de corrida. Entretanto, após esse período melhoras ainda continuam sendo observadas, porém em menores magnitudes.

Os padrões de melhoras no VO2 máximo ocorrem independentemente do sexo e faixa etária. Todavia, indivíduos idosos podem levar mais tempo para adaptar-se ao treinamento de endurance ou corrida. Dessa forma, podemos compreender que os incrementos nos valores de VO2 máximo para essa população (idosos) passa a ser mais lenta.

VO2_máximo_medida_capacidade_aeróbia_treino_em_foco_exercícios_aeróbios

Quais adaptações fisiológicas crônicas produzem melhora no VO2 máximo?

A melhora ou aprimoramento no VO2 máximo resulta de adaptações cardiovasculares centrais e periféricas. É importante lembrar que o VO2 máximo pode ser calculado como o produto do débito cardíaco e da diferença arteriovenosa de oxigênio (dif a-VO2). O débito cárdico máximo aumenta em virtude da pratica sistemática de treinamentos aeróbios (endurance). A melhora nessa variável fisiológica (débito cardíaco) representa uma adaptação central a pratica do treinamento de corrida ou endurance (exercícios aeróbios).  Já a dif a-VO2 reflete a capacidade dos tecidos ativos, ou seja dos músculos ativos em  extrair e utilizar com maior eficiência o oxigênio do sangue. Com isso podemos entender que quanto maior a capacidade dos tecidos ativos em captar oxigênio melhor será a capacidade de produção de energia de forma aeróbia, melhorando assim o desempenho do indivíduo na corrida. Dessa forma, quanto maior a capacidade dos tecidos ativos em absorver e utilizar o oxigênio corrente melhor será o VO2 máximo do indivíduo.

Importante, salientar que as mudanças no débito cardíaco é uma adaptação ao treinamento mais consistente que as mudanças no dif a-vO2. A variável cardiovascular de volume sistólico é o principal fator que está atrelado a melhora no débito cardíaco, ou seja, uma melhora nos níveis de volume sistólico refletirá diretamente sobre o débito cardíaco.

A genética determina o limite superior do VO2 máximo que um indivíduo (atleta ou praticante de corrida) poderá alcançar. Dessa forma, apesar de todos os indivíduos serem capazes de aumentar o seu VO2 máximo com a pratica de treinamentos sistematizados é mais provável que o indivíduo com maior potencial genético venha a sobressair-se nos esportes que exigem um VO2 máximo maior.

treino_em_foco_treinamento_corrida_VO2_máximo_fisiologia

Seguidores, não percam a vídeo aula de hoje e saiba como interpretar os valores de VO2 máximo.