Quais os músculos que são acionados durante a execução do pulldown?

Durante a execução do pullldown na fase concêntrica o individuo executará uma extensão do ombro, vencendo a resistência. Assim, ocorrerá o acionamento dos extensores do ombro, que são latíssimo do dorso, redondo maior, tríceps cabeça longa e também o deltoide posterior. É necessário lembrar que o latíssimo do dorso é o motor primário para extensão do ombro. Já na fase excêntrica do exercício ocorrerá uma flexão do ombro, que será produzida pela resistência. Assim, para que esse movimento não ocorra de forma balística os mesmos extensores do ombro realizarão agora uma contração excêntrica, para realizar o freio do movimento. Portanto, os extensores do ombro atuam na fase concêntrica e excêntrica.

Entretanto, além desses músculos citados ocorrerá um acionamento de outros grupos musculares que farão a estabilização, evitando que ocorram determinados movimentos articulares. Diante disso, um que podemos citar é o reto abdominal, que evitará a tendência de movimento de hiperextensão da coluna vertebral produzida pela resistência.

Treino_em_foco_pulldown_ativação_eletromiográfica

Qual o comportamento eletromiográfico dos músculos citados acima ao manipular a quilagem?

De uma forma bem geral, quando se aumenta a quilagem imposta a um determinado exercício, ocorrerá um aumento no recrutamento e frequência de disparo das unidades motoras dos músculos tanto agonistas, sinergistas e estabilizadores.

Portanto, ao realizar o aumento de quilagem no exercício de pulldown na vídeos aula notou-se um aumento na atividade eletromiográfica tanto do latíssimo do dorso e tríceps braquial que são agonistas do movimento, como também do estabilizador que é o reto abdominal.

Treino_em_foco_pulldown_ativação_eletromiográfica

Mas, por que ocorreu um aumento na ativação eletromiográfica?

Para os músculos agonista (latíssimo do dorso) e sinergista (tríceps cabeça longa) o aumento na ativação eletromiográfica ocorreu em virtude da maior necessidade de envolvimento muscular (recrutamento e frequência de disparo das unidades motoras) para vencer a resistência imposta ao exercício. Com o aumento da resistência imposta a tendência de hiperextensão da coluna vertebral também aumentará. Portanto, obviamente o recrutamento e frequência de disparo das unidades motoras do reto abdominal também aumentarão. Portanto, estes dois fatores levam ao aumento da ativação eletromiográfica observado neste exercício.

Treino_em_foco_pulldown_ativação_eletromiográfica

Quais as aplicações práticas que podemos levar desse cenário?

Por exemplo, caso o aluno/cliente tenha executado um treino especifico para região abdominal previamente a execução do pulldown, e a quilagem utilizada neste exercício (pulldown) seja elevada, talvez a fadiga previamente gerada poderá dificultar o reto abdominal para estabilizar a coluna vertebral. Assim, caso o personal trainer observe essa dificuldade, talvez aplicar o treino abdominal previamente com um menor volume, ou até aplica-lo após o treno de costas seja o mais interessante.

Além disso, um treino prévio para tríceps também poderá dificultar o desempenho na execução do pulldown, tendo em vista que é um sinergista para a extensão do ombro. Assim, esse é outro ponto que o personal trainer deverá observar. Por exemplo, se o objetivo seja alcançar um volume total de treino maior para pulldown, talvez a execução de exercícios para tríceps deverá ser introduzida após o treino de costas.