Prancha Abdominal com Bola vs Sem Bola – Atividade eletromiográfica

Please log in or register to like posts.
Vídeo

Realizar a Prancha Abdominal com Bola aumenta de forma significativa a atividade eletromiográfica do reto abdominal

O exercício de prancha abdominal é amplamente executado nas salas de treinamento resistido com pesos, tanto por clientes iniciantes até avançados. No entanto, para realizar a progressão da carga o personal trainer poderá utilizar algumas estratégias.

Quais estratégias poderá utilizar?

Pensando na prancha abdominal clássica no solo, para realizar a progressão de esforço o personal trainer poderá solicitar para que o cliente posicione os seus membros superiores mais à frente em relação ao tronco. Ou seja, ao realizar uma flexão do ombro e portanto projetar os membros superiores a frente, ocorrerá um aumento na braço de momento da alavanca, o que por sua vez repercutirá em um aumento na trabalho muscular gerado (demonstramos em uma vídeo aula).

Entretanto, imaginando que este cliente já esteja realizando a prancha abdominal com uma significativa flexão do ombro, e a região torácica já esteja quase tocando o solo, não parece ser coerente aumentar ainda mais a flexão do ombro.

Diante disso, qual estratégia poderia ser utilizada?

Uma estratégia que o personal trainer poderá utilizar é realizar a adição de uma bola suíça para realizar a prancha. Ou seja, solicitar que o cliente, posicione os membros superiores sobre a bola. Ao realizar essa estratégia se estará adicionando instabilidade ao exercício. Com isso, ocorrerá um aumento na atividade eletromiográfica de alguns músculos envolvidos no exercício, como por exemplo o reto abdominal. Diante disso, o exercício se tornará mais intenso e consequentemente com uma carga de esforço maior.

Portanto, em resumo para aumentar a carga de trabalho sobre os músculos da parede abdominal o personal trainer poderá realizar a adição da bola suíça para realizar o exercício de prancha abdominal. No entanto, é necessário ter claro que esta estratégia aumentar muito a demanda muscular, sendo por exemplo na casa de três vezes mais em relação a prancha clássica.

Alunos, analisem a vídeo aula.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *