Chute de Tríceps vs Tríceps Francesa – Qual produz maior atividade eletromiográfica?

Please log in or register to like posts.
Vídeo

Uma vez mantida a quilagem o exercício chute ou coice de tríceps proporciona maior atividade eletromiográfica em relação ao tríceps francesa.

Existe diferença na atividade eletromiográfica ao realizar o tríceps coice vs francesa?

Nesta vídeo aula buscando realizar uma comparação entre a atividade eletromiográfica gerada na cabeça longa e medial do tríceps ao realizar o tríceps coice e francês utilizando a mesma quilagem.

Em termos gerais observou-se uma maior atividade eletromiográfica tanto para a cabeça longa como medial ao realizar o tríceps coice. Assim, utilizando uma mesma quilagem o tríceps coice parece proporcionar uma maior atividade eletromiográfica para os músculos analisados.

Por que ocorre essa diferença na atividade eletromiográfica?

Analisando a cabeça longa, essa maior atividade pode ter ocorrido em virtude de que ao realizar o posicionamento para a execução do tríceps coice se realiza uma extensão do ombro. Este cenário leva já a um encurtamento na cabeça longa do tríceps, tendo em vista que essa auxilia na produção deste movimento. Assim, ao realizar a extensão do cotovelo (fase concêntrica) ocorre encurtamento da cabeça longa no cotovelo, repercutindo em um maior grau de encurtamento. Desta forma para manter o desempenho no exercício, ocorre a necessidade de um maior recrutamento, taxa de disparo e frequência de unidades motoras, repercutindo em um maior sinal eletromiográfico.

Já a cabeça medial pode ter sofrido um maior acionamento em virtude da necessidade de maior auxilio para extensão do cotovelo em virtude que a cabeça longa já encontrava-se menos eficiente para produzir o movimento. Ou seja, em virtude da cabeça longa ter encurtamento no ombro e cotovelo (ao estender) a sua capacidade de produzir torque, pensando no ciclo alongamento encurtamento foi menor. Assim, possivelmente ocorre maior necessidade de participação da cabeça medial para vencer a resistência.

Qual a aplicação prática deste experimento?

Em uma primeiro ponto se pode entender que o exercício de tríceps coice é mais intenso do ponto de vista de estresse muscular comparado ao tríceps francesa, uma vez que a quilagem seja similar. Além disso, os pontos de maior e menor tensão nos exercício são diferentes, ou seja, no tríceps coice a maior tensão é no final da fase concêntrica, quando o músculo está mais encurtado. Ao contrário, no tríceps francesa o ponto de maior tensão é no meio do movimento, onde o músculo não se encontra tão encurtado.

Assim, levando o citado acima em consideração e pensando em progressão de carga de treino, talvez seria interessante para um cliente iniciante aplicar o exercício de tríceps francesa antes do coice. Já, se o objetivo seja proporcionar um maior tensão sobre o tríceps, talvez o exercício chute de tríceps ou tríceps coice seja interessante.

Alunos, analisem a vídeo aula!!!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *