Qual deverá ser o posicionamento dos membros superiores para a execução do Stiff com barra?

Para a execução correta do Stiff com barra o profissional de educação física deverá orientar ao seu aluno/cliente a permanecer com os membros superiores totalmente verticalizados, tanto na fase concêntrica como excêntrica. Assim, os membros superiores deverão ficar no chamado pêndulo gravitacional. Isso significa dizer que os membros superiores ficarão verticalizados em virtude da ação da força gravitacional sobre os mesmos. Dessa forma, não ocorrerá nenhuma ação muscular para mantê-los nesta posição.

 

No entanto, existem alguns alunos/clientes que executam o Stiff com barra, produzindo um movimento de flexão ou extensão da articulação glenoumeral, ou seja, “jogando” os membros superiores para frente ou para trás, respectivamente. Porém, esse não é uma posicionamento adequado, pois ocorrerá o envolvimento de músculos que não são necessários para a execução do exercício. Com isso, ao executar o movimento de flexão da articulação glenoumeral ocorrerá um envolvimento dinâmica dos flexores do ombro, ou seja, do deltoide anterior, coracobraquial, e fibras superiores do peitoral maior.

TReino_em_foco_execução_stiff

 

Por outro lado, ao realizar a extensão glenoumeral, ocorrerá uma contração concêntrica de latíssimo do dorso, deltoide posterior e tríceps cabeça longa. Portanto, ao realizar essa estratégia de movimentar os membros superiores, estar-se envolvendo músculos que não seriam necessários. Assim, não sendo adequado.

TReino_em_foco_execução_stiff

 

Mas por que não é adequado envolver esses músculos?

Em virtude de uma motivo simples. Como o objetivo principal do Stiff com barra é trabalhar de forma dinâmica os extensores do quadril (glúteo máximo assessorado pelos isquiotibiais), não seria adequado produzir o envolvimento dinâmica de outros músculos. Ou seja, ao envolver um trabalho dinâmica ou até mesmo isométrico dos flexores e extensores glenoumerais, se estaria dividindo o esforço entre os grupos musculares para realizar o exercício. Portanto, este cenário não parece ser adequado, pois se estará produzindo uma redução na tensão muscular sobre os extensores do quadril.

Diante disso, o estresse mecânico, metabólico e também a microlesão tecidual que são fatores importantes para a ocorrência de ajustes hipertróficos e de força muscular teria uma redução para os músculos alvos. Portanto, diante disso, ao longo do tempo se poderá prejudicar os ajustes para glúteo e isquiotibiais. Desta forma, é importante que o aluno/cliente realiza a execução do Stiff com barra, sempre buscando produzir a maior tensão sobre os grupos musculares alvos.

TReino_em_foco_execução_stiff

Alunos, analisem a vídeo aula.