Será que o treinamento intervalado é EFICIENTE para o emagrecimento?

Treino_em_foco_treinamento_intervalado_Hiit_emagrecimento

 Qual a lógica do treinamento intervalado?

A lógica do treinamento intervalado é aumentar e diminuir cargas dentro da sessão de treino. Pode-se utilizar duas estratégias: primeiro, utilizando o cardiofrequencimetro e determinando valores de frequência cardíaca baixa e alta, e com isso oscilar as cargas baseado nesses valores estipulados de frequência cardíaca. Segunda: outra estratégia seria aumentar e diminuir a velocidade da esteira pré programados, e com isso também o praticante conseguirá oscilar as cargas no treinamento intervalado e proporcionar um gasto energético intenso.

Portanto, a ideia básica é intervalar o treinamento com cargas baixas e cargas altas, por períodos de tempos específicos.

Quais as vantagens ao realizar o controle do treinamento intervalado através dos valores de frequência cardíaca?

Quando se realiza o controle do treinamento intervalado através da frequência cardíaca se tem algumas vantagens. Por exemplo, se o aluno/cliente estiver bem disposto e recuperado, o profissional poderá aumentar a carga para atingir aquele patamar pré estabelecido. Entretanto, se o aluno/cliente não está bem disposto, o profissional conseguirá aplicar uma carga de esforço menor também alcançará aquele patamar alto de treinamento que foi previamente estabelecido.

Então utilizando valores de frequência cardíaca o profissional conseguirá utilizar o grau de recuperação como critério para a prescrição do treinamento intervalado o que é extremamente importante.

Treino_em_foco_treinamento_intervalado_Hiit_emagrecimento

Como o treinamento intervalado ajudaria a potencializar o emagrecimento?

Embora a lipólise não seja fortemente estimulada durante a execução de um treino de alta intensidade, a secreção de GH e catecolaminas pode aumentar a lipólise no período de recuperação. Além disso, durante a prática de exercícios de alta intensidade ocorrerá a depleção de glicogênio muscular (quantidade de depleção de dependerá da intensidade e duração) e pesquisadores sugerem que no período pós-exercício ocorra um aumento da utilização de lipídios como fonte energética, assim possibilitando a recuperação de glicogênio no pós treino.

Portanto, parece ser desta forma que o treinamento intervalado produz contribuição para o gasto energético, produção de déficit e consequentemente no processo de emagrecimento.

O treinamento intervalado pode ser prescrito para todos os alunos/clientes?

Obviamente que não. Por tratar de um treinamento intenso deverá ser prescrito para alunos/clientes que já apresentam algum grau de condicionamento físico. Assim, não é interessante para aqueles que são sedentários e que estão iniciando no treinamento visando o processo de emagrecimento. Assim, para os iniciantes passa a ser interessante iniciar com um treinamento continuo em zona alvo, ou seja, uma forma que seja menos intensa.

Já ao longo do tempo deve-se buscar introduzir de forma paulatina o treinamento intervalado. Por exemplo, pode-se iniciar aplicando a carga alta com um trote e a baixa com uma caminhada. Assim, ao longo do tempo o profissional irá aumentando a carga de esforço e consequentemente a intensidade do treinamento intervalado. Obviamente o treinamento intervalado não é o “salvador da pátria” é apenas uma metodologia de treino que tem suas características (como citado acima) e que ajudará a potencializar o déficit energético e assim contribuir para o emagrecimento.

Treino_em_foco_treinamento_intervalado_Hiit_emagrecimento

Então SEGUIDOR não perca a vídeo aula de hoje e tire suas dúvidas.