Uma das formas de aumentar a tensão muscular durante o exercício supino é acoplar o treinamento resistido elástico.

Por que utilizar o treinamento resistido elástico aumenta a tensão durante a execução do exercício de supino reto?

Ao longo da execução do exercício de supino reto ocorre alteração nos torques resistivos produzidos sobre principalmente o músculo peitoral maior que é motor primário neste exercício. Ou seja, em virtude da alteração dos braços de alavanca da resistência o torque resistivo e muscular irão alterar-se.

Diante disso, quando o aluno/cliente está no início da fase concêntrica do movimento ou final da fase excêntrica, a barra próxima a região do peitoral, esse será o ponto de maior tensão muscular produzida. Isso ocorrerá porque neste ponto da amplitude de movimento é o maior braço de alavanca da resistência e consequentemente torque resistivo e muscular. Isto é, este será o ponto de maior tensão gerado sobre por exemplo o músculo peitoral maior. Entretanto, quando o aluno/cliente começa a executar a fase concêntrica (adução transversal do ombro e extensão dos cotovelos), o braço de alavanca da resistência (analisando aqui somente o ombro) começará a reduzir-se. Com isso, o torque resistivo e muscular serão reduzidos. Já quando o aluno/cliente estende completamente os cotovelos o torque resistivo e muscular será mínimo ou praticamente zero, sendo caracterizado neste momento (final da fase concêntrica) um ponto de descanso.

Porém, com a utilização de um elástico acoplado a barra, esse cenário será evitado. Ou seja, como o elástico será cada vez mais estendido com a realização da fase concêntrica do movimento, no final desta fase o elástico estará produzindo uma forte tensão para gerar uma abdução transversal dos ombros e flexão dos cotovelos. Ou seja, no ponto onde se produziria menor tensão muscular em virtude da redução dos braço de alavanca da resistência, o elástico produzirá uma manutenção ou aumento da tensão neste momento da amplitude de movimento.

Para quem e quando passa a ser interessante a utilização do treinamento resistido elástico acoplado ao treinamento resistido com pesos?

Como a introdução do treinamento resistido elástico ao treinamento resistido com pesos, produzirá um aumento da tensão muscular gerado nos exercícios, o Treino em Foco entende que essa estratégia pode ser mais adequada para alunos/clientes intermediário ou até mesmo avançados. Pois alunos/clientes com essas características já apresentam uma ótima coordenação motora e consequentemente boa técnica de execução dos exercícios. Essas características citadas passam a ser importantes pois a introdução do treinamento resistido elástico necessitará maior coordenação motora por parte do executante.

Um outro ponto a salientar, é que para alunos/clientes que visam produzir ajustes hipertróficos a aplicação do treinamento resistido elástico em conjunto com o resistido com pesos poderá ser interessante. Pois, ao realizar essas estratégia irá gerar um maior estresse mecânico e metabólico durante a execução da série do exercício. Tendo em vista que a literatura nos últimos anos tem demonstrado que o estresse mecânico e conjunto com metabólico e ótima alimentação parecem potencializar os ajustes hipertróficos.

Seguidores, não percam a vídeo aula de hoje e analisem como utilizar o treinamento resistido elástico acoplado com resistido com pesos no exercício supino reto.