Em relação ao repouso ao volume corrente aumentará durante o esforço físico. E a magnitude deste aumento está relacionado a intensidade do esforço.

O que é volume corrente?

Dento da fisiologia para conseguir compreender o que é volume corrente deve-se entender que no ato respiratório o indivíduo realiza uma inspiração e expiração. Assim, em uma situação de repouso o magnitude do ato inspiratório e expiratório é praticamente igual.  Desta forma, a diferença entre o ar expirado e inspirado fica em torno de 0,5 a 0.6 litros por minuto. Porém, a quantidade desse ar inspirado e expirado dependerá de alguns pontos como as dimensões corporais do indivíduo, e ainda se é mulher ou homem.

Ainda podemos entender que esses valores descrito acima de forma diferente. Ou seja, do final da inspiração até o final da expiração, ou ainda do final da expedição até o final da inspiração o volume de ar corrente é de 0.5 a 0.6 litros.

Por outro lado, em uma situação de esforço físico essa troca gasosa será maior ainda. Isto é, durante a realização de uma exercício a inspiração e expiração será maior. Assim, do pico da inspiração e expiração a troca de ar será maior em relação ao repouso, ou ainda ocorrerá uma maior profundidade da expiração e inspiração. Esse comportamento está intimamente atrelado a intensidade do esforço físico realizado, para atender a demanda metabólica do mesmo. Desta forma, por exemplo de 0.5 a 0.6 essa troca agora no exercício passou a ser de 2.2 litros.

Portanto, de uma forma geral a principal mensagem que deve ser entendida é eu ao aumentar a intensidade do exercício a troca gasosa será mais intensa e isso repercutirá em um aumento do volume corrente.

Porém, o que você deve estar se perguntando é até onde esse volume corrente continuará aumentando?

O indivíduo poderá aumentar o volume corrente até alcançar as suas reservas. Ou seja, o aumento da magnitude da inspiração ocorrerá até um ponto onde atingirá o volume de reserva inspiratório. O mesmo também ocorrerá no ato de expiração, isto é o indivíduo conseguirá expirar até um ponto onde atingirá o volume de reserva expiratório.

Assim, a diferença entre a magnitude da inspiração em repouso para o esforço físico será denominada de volume de reserva inspiratório. Para a expiração esse comportamento também será o mesmo, ou seja, a diferença entre a expiração no repouso e o máximo em esforço será denominada de volume de reserva expiratório.

Desta forma, um dos objetivos no teste de ergoespirométrico é conseguir identificar qual a capacidade máxima do indivíduo inspirar e expirar. Assim, quando atingir essas capacidade máximas será possível identificar o Vo2máx. Além disso, é possível identificar também a capacidade vital do indivíduo. Que nada mais é do que a capacidade máxima de troca gasosa em esforço máximo, ou ainda a diferença entre a inspiração e expiração profunda.

Porém, ainda irá sobrar um pouco de ar dentro dos pulmões. Até mesmo em uma expiração máxima por exemplo em esforço físico ainda terá “sobrar” uma quantidade de ar dentro dos pulmões. Caracterizando-se assim como o volume residual.