Afastar do aparelho no Tríceps na polia altera ativação muscular?

Please log in or register to like posts.
Vídeo

Quais os músculos envolvidos na execução do tríceps na polia alta?

Este é um dos exercícios mais executados quando se tem como objetivo treinar os extensores do cotovelo, ou seja as três cabeças do tríceps e ancôneo. Portanto, na fase concêntrica do exercício, que é caracterizada pela extensão do cotovelo ocorre uma ação concêntrica do tríceps braquial nas suas três cabeças e o ancôneo para vencer a resistência. Por sua vez, na fase excêntrica, ou seja quando o cotovelo flexiona, este movimento é realizado pela resistência (placas de peso) e novamente os extensores do cotovelo são acionados nesta fase em ação excêntrica para frear a aceleração que a resistência tende a produzir.

No entanto, também ocorre uma ação isométrica de alguns músculos para evitar tendências de movimento produzidas pela resistência. Assim, ao longo de toda amplitude de movimento ocorre a tendência de uma flexão de ombro. Portanto para evitar esse movimento e, para manter o seguimento braço ao longo do tronco correrá a contração isométrica dos extensores do ombro, que são latíssimo do dorso, deltoide posterior e tríceps cabeça longa. Além disso, a resistência produz a tendência para uma extensão da coluna vertebral. Diante disso, seguindo a mesma lógica para evitar que este movimento, ocorre a contração isométrica dos flexores da coluna vertebral, sendo o principal o reto abdominal.

Entretanto, na prática das academias é possível observar alguns clientes executando o exercício com um afastamento do corpo maior em relação a polia.

Então, do ponto de vista da eletromiografia ocorre diferença na atividade muscular?

Para tentar auxiliar neste dúvida realizamos um experimento onde o modelo executou três repetições próximo e mais afastado da a polia. Um ponto importante a salientar, é que foi mantida a mesma amplitude de movimento, cadência, quilagem e motivação.

Para tríceps cabeça longa e medial, observou-se maior atividade eletromiográfica quando o modelo estava afastado da polia. Este comportamento parece ter ocorrido principalmente em virtude do maior braço de momento da alavanca produzido no final da fase concêntrica. Ou seja, no ponto em que o tríceps estava mais encurtado, ao afastar do aparelho se aumento o braço de momento da alavanca e por sua vez torque resistivo e muscular. Este cenário levou a uma maior atividade eletromiográfica.

O latíssimo do dorso também apresentou uma atividade eletromiográfica maior. Este comportamento parece estar vinculado ao braço de momento da alavanca para a articulação do ombro e, portanto uma tendência maior para flexão da mesma. Portanto, como o latíssimo é uma extensor ocorreu a necessidade de uma maior acionamento de unidades motoras o que repercutiu em maior atividade eletromiográfica.

Por fim, o reto abdominal teve uma maior atividade eletromiográfica quando também se afastou do aparelho. Esse comportamento para ser lógica, pois afastado do aparelho o cabo a tendência de extensão da coluna vertebral é maior. Portanto, a exigência para estabilização é maior, o que repercute em taxa de disparo e aumento do recrutamento de unidades motoras, que por sua vez repercute em maior sinal de atividade eletromiográfica.

Aplicação prática?

Portanto, caso objetivo seja aumentar a carga de esforço para tríceps cabeça longa e medial mas não quer alterar amplitude, cadência e quilagem, talvez uma estratégia poderá ser orientar o cliente a se afasta do aparelho.

Entretanto, ao utilizar essa estratégia também ocorrerá um maior trabalho sobre os estabilizadores. Portanto, analisar o cliente tem força nos estabilizadores para sustentar essa posição é necessário. Outro ponto a analisar também é a ordem dos exercício. Por exemplo, se o cliente treinou forte latíssimo do dorso previamente, talvez possa sentir dificuldade ao estabilizar do ombro e, portanto prejudicando a técnica de execução.

Por outro lado, pensando no cliente iniciante, que apresenta níveis de força e técnica menores, talvez aplicar em um primeiro momento o tríceps próximo a polia seja interessante.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *