Ao realizar a remada da máquina com diferentes formas de pegada a ação muscular produzida será alterada.

Treino_em_foco_remada_na_maquina_diferentes_pegadas

Quais os movimentos articulares produzidos, quando executa-se a remada na máquina com pegada pronada?

Ao realizar a remada na máquina com a pegada pronada, o personal trainer deverá orientar o seu cliente a executar o exercício no plano transversal. Assim, para vencer a resistência, ele (aluno/cliente) deverá realizar o movimento de abdução transversal dos ombros em conjunto com uma adução escapular na fase concêntrica do movimento. Um ponto importante a salientar, é que do ponto 0° até 90° de abdução transversal do ombro, ocorrerá um movimento menos intenso das escápulas em adução. Entretanto, dos 90° de abdução a diante, o movimento de adução escapular será mais intenso.

Por outro lado, durante a fase excêntrica o aluno/cliente deverá deixar-se vencer pela resistência. Assim, a resistência produzirá os movimento de abdução escapular e adução glenoumeral transversal dos ombros. Da mesma forma, como citado anteriormente, nos primeiros graus desta fase do movimento (fase excêntrica), ocorrerá um movimento mais intenso das escápulas em abdução. Entretanto, quando se alcançar 90° de abdução glenoumeral transversal, dos 90° até 0°, a movimentação será mais intenso da articulação glenoumeral em relação as escápulas.

Treino_em_foco_remada_na_maquina_diferentes_pegadas

Quais os músculos que são acionados durante a fase concêntrica e excêntrica da remada na máquina com pegada pronada?

Durante a fase concêntrica do movimento para produzir o movimento de abdução glenoumeral serão acionados os músculos deltoide posterior, infraespinhal, latíssimo do dorso e redondo maior. Já para a realização da adução escapular, os músculos trapézio principalmente as fibras mediais e romboides maior e menor serão acionados. Como citado acima no texto, de 0° a 90° de abdução glenoumeral transversal ocorrerá movimentos glenoumerais mais intensos em relação a movimentação escapular. Assim, os abdutores glenoumerais transversais serão mais acionados em relação aos adutores escapulares. Por outro lado, se o movimento prosseguir além dos 90°, os movimentos escapulares serão mais intensos em relação ao movimento glenoumeral. Assim, os adutores escapulares serão solicitados de forma mais intensa do que os abdutores glenoumerais.

Já durante e fase excêntrica, como já mencionado acima no texto quem produzirá os movimentos é a resistência. Diante disso, o aluno/cliente deverá frear esses movimentos. Portanto, para frear o movimento de abdução escapular, novamente o trapézio principalmente as fibras medias e romboides maior e menor serão acionados agora em contração excêntrica. Já para frear o movimento de adução glenoumeral transversal os músculos deltoide posterior, infraespinhal, latíssimo do dorso e redondo menor serão acionados em contração excêntrica.

Como pode ser visto acima no texto, na execução da remada na máquina com pegada pronada executara-se movimentações escapulares mais significativos, assim, passando a ser um excelente exercício quando objetivo é trabalhar os romboides e também as fibras mediais do trapézio.

Quais os movimentos articulares produzidos durante a execução da remada na máquina com pegada neutra?

Ao realizar a pegada de forma neutra para a execução da remada na máquina o aluno/cliente para vencer a resistência e assim realizar a fase concêntrica do movimento, executará o movimento de extensão glenoumeral. Em conjunto com esta extensão ocorrerá o movimento rotação inferior ou medial e abdução das escapulas. Já durante a fase excêntrica do movimento, onde o aluno/cliente deverá deixar-se vencer pela resistência, ela (resistência) produzirá os movimentos de flexão glenoumeral e rotação superior das escapulas.

Entretanto, um ponto importante a salientar é que durante a execução da remada na máquina com a pegada neutra, os movimentos escapulares não serão tão significativos quanto os produzidos com a pegada pronada.

Quais os músculos que serão acionados na fase concêntrica e excêntrica na execução da remada na máquina com pegada neutra?

Como descrito acima no texto durante a realização da fase concêntrica do exercício ocorrerá a execução do movimento de extensão glenoumeral. Assim, serão acionados em contração concêntrica os músculos deltoide posterior, latíssimo do dorso, redondo maior, tríceps cabeça longa e peitoral fibras costais/inferiores. Em comparação com a execução descrita anteriormente, neste caso o latíssimo do dorso será mais fortemente acionado, pois é o músculo motor primário para produção o movimento de extensão glenoumeral. Ainda, como ocorrerá o movimento de rotação inferior e adução das escapulas, os músculos trapézio principalmente as fibras mediais, elevador da escapulas e romboides maior/menor serão acionados. Entretanto, ao comparar com a variação descrita anteriormente, na realização com essa pegada os movimentos escapulares serão de menor magnitude.

Já durante a fase excêntrica a resistência produzirá os movimentos de flexão glenoumeral e rotação superior ou lateral das escápulas. Diante disso, para frear o movimento de flexão glenoumeral novamente os músculos deltoide posterior, latíssimo do dorso, redondo maior, tríceps cabeça longa e peitoral fibras costais/inferiores serão acionados, porém agora, em contração excêntrica. Já para frear o movimento de rotação e abdução, novamente os músculos trapézio principalmente as fibras mediais, elevador da escápula e romboides maior e menor serão acionados em contração excêntrica.

Treino_em_foco_remada_na_maquina_diferentes_pegadas

Então, qual pegada realizar na remada na máquina, para produzir um trabalho mais intenso sobre latíssimo do dorso ou romboides e trapézio?

Para reforçar, como já vem sendo citado, durante a execução com pegada pronada, os movimentos escapulares serão mais intensos em comparação aos movimentos produzidos na realização com a pegada neutra. Dessa forma, o trabalho de romboides e trapézio serão mais intensos com a primeira variação (pegada pronada). Entretanto, ao executar a remada na máquina com pegada neutra, os movimentos glenoumerais produzidos serão diferentes, ou seja, produzira-se uma extensão glenoumeral. Assim, o trabalho será mais intenso sobre o latíssimo do dorso em comparação ao produzido com a pegada pronada. Já o trabalho de romboides e trapézio serão menos intenso em comparação com a pegada pronada. Em resumo se o objetivo seja produzir um trabalho mais intenso para romboides e trapézio é interessante dar preferência pela execução com pegada pronada. Por outro lado se o objetivo é produzir um trabalho mais intenso para latíssimo do dorso, é interessante realizar com apegada neutra.

Seguidores, não percam a vídeo aula de hoje e saibam quais as diferenças nas ações musculares ao alterar a forma de pegada na execução da remada na máquina.