O Exercício de crucifixo é um dos mais clássicos da musculação, sendo este realizado para o treinamento de peito e ombro. Sendo mais específico do ponto de vista cinesiológico, o movimento de adução transversal da articulação glenoumeral (ombro) contra força resistiva é produzido pelos músculos peitoral maior, deltoide anterior e coracobraquial. Associado a esse movimento as escápula abduzem apoiando o movimento glenoumeral sendo o músculos motores deste movimento o peitoral menor e serrátil anterior.

Muitos praticantes acreditam que este exercício pode treinar, com eficiência, a região central do peitoral maior (junto ao osso esterno) denominado por eles de “miolo do peito”. O TEF ANÁLISE DE EXERCÍCIO de hoje analisa o exercício crucifixo e também esta associação com o “miolo do peito”. Os pontos de descanso deste exercício também são avaliados quando realizado com halteres e em polias o que, como você irá ver, modifica a relação de ponto de descanso.

#FOCOnotreinoemFOCO