Sistemas e Métodos de Treino

Pré – Exaustão – Como realizar de forma correta?

Please log in or register to do it.

Pré-exaustão tem como principal característica a realização de um exercício monoarticular e na sequencia um multiarticular que envolvam de forma dinâmica os mesmos grupos musculares.

Como realizar a pré– exaustão?

Como mencionado acima, a pré- exaustão tem como principal característica a realização de um exercício monoarticular e na sequência um multiarticular que envolvam os mesmos grupos musculares. Ainda é importante salientar que não se deve aplicar intervalo de descanso entre os exercícios. Ou seja, o único intervalo permitido é para o deslocamento de um exercício para o outro.

O que a ciência diz sobre a pré- exaustão?

É importante salientar que não se tem uma literatura robusta e forte sobre este sistema de treino. No entanto, os estudos que se tem, apresentaram resultados diversos, isto é, uns demonstrando aumento na ativação muscular durante o segundo exercício e outros apresentando redução na ativação muscular.

Já do ponto de vista crônico, até o presente momento não se tem observado estudos de cunho longitudinal que tenham analisado o efeito a longo prazo da pre -exaustão. Assim, não se tem um posicionamento sobre o mesmo.

Então, quem deveria utilizar o sistema de pré-exaustão?

Como se trata de um sistema que combina, sem intervalo, dois exercícios, a sobrecarga muscular, cardiovascular passa a ser alta. Diante disso, não é interessante para indivíduos iniciantes e até mesmo intermediários na prática do treinamento de musculação.

Desta forma, parece, até então, ser mais adequado para indivíduos avançadas no treinamento e que também já apresentam grande experiência na prática. É importante salientar, do ponto de vista de segurança, que mesmo indivíduos avançados, mas que apresentam algum problema cardiovascular, não devem realizar esses sistema de treino.

Analisem a vídeo aula.

Flexores do ombro - quais músculos fazem parte?
Peitoral maior - Quais movimentos as fibras superiores e inferiores produzem?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *