Músculo diafragma tem participação direta no ato de inspiração. Pois quando contrai diminui a pressão intrapulmonar proporcionando assim a entrada do ar (gás oxigênio) nos pulmões.

treino_em_foco_musculo_diafragma_inspiratorio

Qual a localização anatômica, origem e inserção do músculo diafragma?

O músculo diafragma está localizada internamento, ou seja entre a cavidade abdominal e caixa torácica. A origem desse músculo (diafragma) está localizada na face interna das seis últimas costelas, face interna do processo xifoide e nos corpos vertebrais das vértebras lombares superiores. Já seu ponto de inserção está localizada no tendão central, ou seja, em uma aponeurose.

diafragma_treino_em_foco_musculo_inspiratorio

Quais as funções do músculo diafragma?

Músculo diafragma devido ao seu posicionamento de origem e inserção tem como principal função contribuir para o ato de inspiração, ou seja, absorção do gás oxigênio do meio externo. Tem ainda participação na estabilização da coluna vertebral e nas expulsões realizadas pelo nosso corpo, ou seja, participa dos atos de defecção, vômito, micção e parto.

Quais as características fisiológicas do músculo diafragma?

O músculo diafragma tem a característica de uma grande lâmina que se assemelhasse a com uma cúpula de tecido musculofibroso estriado. Esse músculo ventilatório apresenta grande densidade de volume mitocondrial, grande capacidade oxidativa e aeróbia de suas fibras que chegam a superar em até quatro vezes a capacidade da maioria dos outros músculos esqueléticos.  Devido ao seu posicionamento cria uma separação hemértica entre a as cavidades abdominais e torácicas. Por fim o músculo diafragma contém uma série de aberturas que permitem a passagem do esôfago, vasos sanguíneos e nervos.

musculo_inspiratorio_diafragma_treino_em_foco

Como ocorre a participação do músculo diafragma na mecânica da ventilação e, qual seu comportamento durante o exercício físico?

O  músculo diafragma é considerado o principal músculo da inspiração (ato de absorver o gás oxigênio do meio externo) sendo inervado pelos nervos frênicos esquerdo e direito. A estimulação do nervo frênico durante o ato de inspiração acarreta a contração ou retificação do diafragma, fazendo com que porção arqueada do músculo diafragma desça em até aproximadamente 10cm. Esse comportamento descrito acima faz com que ocorra um aumento do diâmetro longitudinal da cavidade torácica.

O alongamento e o aumento da cavidade torácica induzem uma expansão do ar existente nos pulmões, fazendo com que a pressão intrapulmonar caia para níveis ligeiramente inferiores aos da pressão atmosférica. Dessa forma, os pulmões serão insuflados a medida que o nariz e a boca captem o gás oxigênio, ou seja, o ar para dentro do corpo.

musculo_diafragma_treino_em_foco_musculo_inspiratorio

 Durante o exercício físico os movimentos altamente eficientes dos músculo diafragma, do grácil costal e abdominais serão sincronizados de forma a contribuir para inspiração e expiração. Com isso, as costelas se projetam para cima e o esterno é impulsionado para fora de forma a aumenta o diâmetro lateral e anteroposterior do tórax. Analisando somente ação inspiratória a mesma aumenta durante o exercício quanto diafragma desce, ou seja, em outras palavras durante o exercício físico a contração e relaxamento do músculo diafragma será maior. Obviamente a intensidade do exercício repercutirá diretamente no número de inspirações e contrações que deverão ser realizadas pelo músculo diafragma.

O treinamento sistemático poderá a aumentar a capacidade funcional do músculo diafragma?

Sim, o músculo diafragma responde a prática do treinamento sistematizado. Ou seja, em decorrência da prática do treinamento particularmente aeróbio o diafragma tornara-se mais forte e eficiente. Com isso contribuindo para uma melhora no processo inspiratório, ou seja, melhorando a capacidade de absorção do gás oxigênio.

treino_em_foco_musculo_diafragma_inspiratorio_respiracao

Seguidores, não percam a vídeo aula de hoje e saibam de que forma ocorre a participação do músculo diafragma durante o exercício físico.