sistema cardiovascular tem como principais funções fornecer nutrientes, oxigênio, promover a remoção de resíduos metabólicos e dióxido de carbono dos tecidos do corpo humano. Já o sistema respiratório tem como principal função produzir a troca gasosa (hematose), ou seja, fornecer oxigênio e remover o dióxido de carbono da circulação sanguínea.

treino_em_foco_fisiologia_cardiovascular_respiratório_sistema_fisiologia_da_corrida

O sistema cardiovascular tem como principais funções:  transporte e fornecimento de nutrientes (glicose e ácidos graxos), oxigênio, transporte de hormônios secretados pelas glândulas endócrinas até a células alvos e a remoção de resíduos metabólicos dos tecidos ativos. Já o sistema respiratório tem como principal função e conjuntamente com o sistema cardiovascular fornecer oxigênio aos tecidos e remover o dióxido de carbono produzido. Dessa forma, a respiração pode ser dividida em quatro funções principais: ventilação pulmonar que significa o influxo e efluxo de ar entre a atmosfera e os alvéolos pulmonares; difusão de oxigênio e dióxido de carbono entre os alvéolos e o sangue; transporte de oxigênio e dióxido de carbono no sangue e nos líquidos corporais.

Diante dessas funções podemos notar que capacidade dos sistema cardiovascular e sistema respiratório tem total influência sobre a capacidade de desempenho na corrida. Ou seja, um sistema cardiovascular e respiratório com melhores níveis, proporcionarão ao indivíduo uma melhor capacidade aeróbia.

No programa de hoje apresentaremos pra vocês seguidores quais as estruturas ou órgãos que formam o sistema cardiovascular e sistema respiratório. Lembrando que esses são sistemas fortemente acionados no momento da prática da corrida.

Quais as estruturas que constituem o sistema cardiovascular?

O sistema cardiovascular é formado ou constituído pelo coração (miocárdio), vasos sanguíneos e sangue. O coração tem como principal função produzir pressão e propelir (bombear) o sangue oxigenado continuamente por todo o corpo e bombear o sangue desoxigenado para os pulmões para ser oxigenado. Outras estruturas que constituem o sistema cardiovascular são os vasos sanguíneos, sendo eles:

– artérias: são os vasos sanguíneos que levam a partir do coração o sangue expelido.

– arteríolas:  esses vasos sanguíneos são ramificações da artérias que tem por característica apresentarem um menor diâmetro quando comparado as artérias. Sua principal função é regular a resistência do fluxo sanguíneo e consequentemente a pressão sanguínea periférica.

– capilares: esses vasos sanguíneos apresentarem um diâmetro menor comparado a artérias e arteríolas. Os capilares possuem apenas uma camada chamada de tecido epitelial simples. Diante dessa característica anatômica é o local aonde ocorre a ação mais importante do sistema circulatório, ou seja, é o local aonde produz-se a troca de gases e nutrientes para os tecidos corpo.

– vênulas: apresentam como característica serem pequenos vasos. Tem como principal função fazer com que o sangue desoxigenado(pobre em oxigênio) retornem dos capilares para as veias.

– veias: esses vasos sanguíneos tem como principal função transportar o sangue desoxigenado em direção ao coração. A grande maiores das veias do corpo humano apresentam válvulas venosas que tem como principal função prevenir o refluxo do sangue causado pela gravidade.

treino_em_foco_fisiologia_cardiovascular_sistema_cardiovascular_respiratório

Quais as funções do sistema cardiovascular?

A função primária do sistema cardiovascular é transportar ou fornecer oxigênio e nutrientes para todo os tecidos do corpo humano. O fornecimento de oxigênio para as células do nosso corpo é de fundamental importância pois algumas células quando privadas do fornecimento adequado de oxigênio podem sofrer danos irreparáveis. Por exemplo, caso o cérebro de um indivíduo seja privado do fornecimento de oxigênio em um período de 5 a 10 segundos certamente o mesmo (individuo) entrará em estado de inconsciência.  O sistema cardiovascular também tem como função contribuir para comunicação entre as células. Ou seja, muitos hormônios secretados pelas glândulas endócrinas são transportados pelos sistema cardiovascular ou circulatório até suas células-alvo. Nutrientes como glicose hepática e ácidos graxos são transportados pelo sistema cardiovascular até os tecidos metabolicamente ativos para atender a demanda energética necessário.

Por fim, o sistema cardiovascular através dos seus vasos sanguíneos (descritos acima no texto) também tem como função produzir a retirada de resíduos metabólicos e dióxido de carbono produzidos pelos tecidos ativos e transportar para rins e pulmões, respectivamente afim de expeli-los.

Como funciona o sistema cardiovascular?

O miocárdio ou coração é um órgão divido por um parede central, denominada de septos que separa o coração em lado direito e esquerdo. Cada metade ou lado do coração funciona como uma bomba independente, constituído por um átrio e um ventrículo. Os átrios tem como função receber o sangue desoxigenado (pobre em oxigênio) que retorno ao coração através dos vasos sanguíneos. Já o ventrículo tem como principal função bombear ou expelir o sangue do coração para os pulmões e vasos sanguíneos.

O lado direto do coração recebe o sangue advindo dos tecidos e o envia para os pulmões onde será oxigenado, lembrando que o sangue que volta para o coração através dos vasos sanguíneos apresenta-se desoxigenado. Ou seja, a partir do átrio direito o sangue desoxigenado flui para o ventrículo direito, de onde ele é bombeado via artérias pulmonares na direção do pulmão. A partir dos pulmões o sangue agora oxigenado é transportado via veias pulmonares em direção ao lado esquerdo do coração. Ou seja, entrará primeiramente no átrio esquerdo em seguida com a contração do átrio esquerdo será expelido para o ventrículo esquerdo.

Em seguida o sangue agora oxigenado será bombeado através da contração do ventrículo esquerdo do coração em direção a artéria aorta. Na sequencia o sangue presente na artéria aorta desloca-se para artérias de menores calibres denominadas de arteríolas. Seguindo a lógica em seguida o sangue desloca-se para vasos sanguíneos ainda menores denominados de capilares. Nesses vasos sanguíneos (capilares) é aonde efetivamente ocorrerá a troca gasosa, o fornecimento de nutrientes e remoção dos resíduos metabólicos. Ou seja, quando o sangue oxigenado passa pelos capilares o oxigênio e nutrientes difundem-se para os tecidos e ocorre a captação do dióxido de carbono e resíduos metabólicos. Importante lembrar que no momento que o sangue passa pelos capilares ele tornara-se desoxigenado, ou seja com uma maior concentração de dióxido de carbono.

Após deixar os capilares o sangue flui para o lado venoso da circulação, ou seja, passando para  as vênulas e posteriormente veias maiores. As veias que encontram-se na parte inferior do corpo juntam –se e formando a veia cava inferior. Já as veias que encontram-se na parte superior do corpo juntam-se e formam a veia cava superior. Ambas veias cavas desembocam o sangue presente em seu interior no átrio direito do coração.

treino_em_foco_veia_cava_fisiologia_cardiovascular_respiratória

Quais as estruturas que formam o sistema respiratório?

O sistema respiratório é constituído pelas seguintes estruturas:

– Pulmões: esses órgãos tem como principal função oxigenar o sangue e eliminar o dióxido de carbono do corpo.

– sistema condutor ou vias aéreas:  faringe, laringe, traqueia, brônquios primários e bronquíolos. Essas estruturas tem como principal função aquecer, umidificar e transportar o oxigênio do meio externo para a superfície de troca de gases dos pulmões.

– alvéolos: são estruturas caracterizadas na fisiologia como uma série de sacos interconectados. Essas estruturas formam a superfície de troca de gases, ou seja esse é o local do corpo aonde ocorre o deslocamento do ar inalado para o sangue e, aonde o dióxido de carbono presente no sangue desoxigenado move-se do sangue para o ar que será inalado.

– ossos e os músculos do tórax e do abdome que auxiliam na ventilação. Ou seja, os músculos diafragma, intercostais participam do ato de inspiração e expiração.

treino_em_foco_fisiologia_respiratória_cardiovascular_sistemas_corrida

Qual a principal função do sistema respiratório?

A principal função do sistema respiratório é proporcionar a troca de ar entre atmosfera e os pulmões, processo esses que é conhecido como ventilação, ou respiração. Esse processo apresenta dois momentos sendo eles: inspiração ou inalação aonde ocorre entrada do ar para dentro do corpo mais especificamente para os pulmões. O segundo momento é a expiração (exalação) aonde ocorre movimento do ar para fora dos pulmões, ou seja, para o meio externo. Diante disso, o sistema respiratório proporciona troca de oxigênio e dióxido de carbono entre os pulmões e sangue, o transporte de oxigênio e dióxido de carbono pelo sangue e a troca de gases entre células e sangue.

Dessa forma, podemos notar que o sistema cardiovascular e sistema respiratório na verdade estão integrados, ou seja, ambos os sistemas trabalhando em prol da distribuição adequada de oxigênio e remoção de dióxido de carbono dos tecidos. Esse processo tem como principal função manter a homeostase, ou seja, o equilíbrio dos tecidos e órgãos corporais.

Como funciona o sistema respiratório?

O ar obviamente com oxigênio entra no trato respiratório através do nariz ou boca indo em direção a faringe. Da faringe o ar inspirado (inalado) flui através da laringe para a traqueia. Como a traqueia é um tubo semiflexivel ela se estende para baixo em direção ao tórax, onde ramifica-se em um par de brônquios primários. Esses brônquios por sua vez ramificam-se repetidamente em brônquios menores. Então ,da taqueia o  ar inalado segue em direção aos brônquios primários, até o ar atingir os bronquíolos que estão localizados nos pulmões. Em seguida o ar inalado desloca-se até os bronquíolos respiratórios formando uma transição entre as vias aéreas e o epitélio de troca gasosa no pulmão.

Após todo esse caminho descrito acima no texto o ar inspirado ou inalado atingirá os alvéolos que é o local anatômico aonde ocorrerá efetivamente a hematose (troca gasosa), ou seja, aonde o sangue desoxigenado advindo do ventrículo direto do coração via artérias pulmonares liberará o dióxido de carbono contido nas hemácias. Em seguida as hemácias absorverão o oxigênio presente nos alvéolos adindo do meio externo. Realizada a troca gasosa em seguida a expiração correrá quando a pressão alveolar aumentar.

treino_em_foco_fisiologia_cardiovascular_respiratório_corrida_sistemas

Qual a importância do sistema cardiovascular e sistema respiratório na pratica da corrida?

Como apresentado acima no texto o sistema cardiovascular tem como principal função fornecer nutrientes como glicose e ácidos graxos, oxigênio e a remoção dos resíduos metabólicos para os tecidos ativos. Já o sistema respiratório como apresentado tem como função principal a absorver de oxigênio do meio externo para o meio interno através das suas estruturas que as constituem e a liberação do gás dióxido de carbono produzido pelo metabolismo corporal para o meio externo.

Dessa forma, a integração dos sistemas cardiovascular e respiratório formaram o sistema cardiorrespiratório que terá importância fundamental no fornecimento de energia, e remoção de resíduos metabólicos no momento da corrida.

Seguidores, não percam a vídeo aula de hoje e saiba qual a função e como funciona o sistema cardiovascular e sistema respiratório.