É mais difícil trabalhar com atletas ou com os clientes de personal?

Esse foi um questionamento realizado por um acadêmico, tendo em vista como já descrito no texto que o professor Fabio Chiodini trabalha tanto com atletas e pessoas normais, ou seja, clientes de personal que não são atletas. O professor Fábio comentou que trabalhar com os atletas de fisiculturismo é muito mais difícil do que com seus clientes não atletas.

Ele vinculou essa dificuldade a vários pontos: primeiro citou que as redes sociais proporcionaram um grande aparecimento dos atletas. Com isso, alguns candidatos a atletas de fisiculturismo começaram a visualizar que esse atletas recebiam muitas curtidas. Assim, muitas vezes esses candidatos a atletas se deslumbravam com essas curtidas e quando entravam para a preparação para a competição não conseguiam levá-la em frente, pois odiavam. Um outro ponto que o professor Fábio citou, que outro problema é realizar a dieta. Segundo ele, muitos atletas ligam ou manda áudio no Watsapp chorando pois não conseguem levar a dieta a dieta. Ainda, os atletas necessitam de uma maior atenção, principalmente quando estão no período pre contest, ou seja quando estão muito próximos da competição. Neste período, segundo o professor ele se comunica todo dia com seus atletas, sendo de duas as três vezes.

Professor ainda, citou um exemplo de uma ex atleta sua. Segundo ele, essa atleta tinha um potencial gigante, porém, não conseguia conduzir a dieta, e assim mandava áudio quase todo dia chorando. Diante disso, o professor Fábio ligou para essa atleta e conversou com ela dizendo que ele não seria mais o seu treinador.

Por outro lado, os clientes que não são atletas o professor Fábio comentou alguns pontos do porque é mais fácil trabalhar com eles. Segundo ele, os clientes não tem a obrigação de subir ao palco, e com isso não se cobram demasiadamente como os atletas. Ou seja, se o cliente deixou um dia de fazer dieta, ou não compareceu a alguns treinos, eles (clientes) não se cobraram muito como acontece com os atletas. Entretanto, o professor Fabio ainda citou, que também cobra os seus clientes, porque não compareceram as aulas.  Porém, ele (professor Fabio) cita que realiza cobranças do tipo: como você quer chegar no verão? Assim, ao realizar essa estratégia, comentou que consegue realizar um choque psicológico nos seus clientes e com isso alertar aos clientes a não faltar nos treinos. Em resumo, os clientes não tem o imediatismo que os atletas buscam com seus corpos.

treino_em_foco_fábio_chiodini_entrevista_personal_em_foco

Diante disso, na opinião do professor Fabio Chiodini que é o maior culpado por esse imediatismo dos atletas?

Hoje em dia se vê muita falta de paciência entre os atletas. Diante disso, o professor Fabio Chiodini chama a atenção que principalmente os profissionais de Educação Física que atuam no fisiculturismo querem acelerar o processo, muitas vezes com o objetivo de se consagrar como treinadores.

Muitos treinadores prescrevem aos seus atletas ou candidatos a atletas recursos ergogênicos para atingir seus objetivos. Entretanto, a maioria dos treinadores não tem o conhecimento da repercussão que essa droga causará no corpo do seu atleta. Assim, na opinião do professor Fábio Chiodini esse é um grande problema que poderá acarretar inúmeros malefícios ao corpo do atleta.

treino_em_foco_fábio_chiodini_entrevista_personal_em_foco

Qual a mensagem que o professor Fábio Chiodini deixou?

A mensagem que o professor Fábio deixou foi que independente de quem você é, onde esteja, e em que situação se encontra no momento, você nunca deverá deixar de sonhar. Ainda comentou que para isso, você deverá trabalhar, estudar e se dedicar ao máximo para buscar os seus sonhos. Um outro ponto que citou, é que a motivação deverá sempre partir de você, e não depender das outras pessoas.

Por fim, o professor comentou que você sempre deverá amar e não apaixonar-se por aquilo que esta buscando. Pois, ao amar aquele objetivo, dificilmente deixará com que as frustrações no caminho venham a derrubar o seu sonho.

treino_em_foco_fábio_chiodini_entrevista_personal_em_foco

Seguidores, não percam a última parte da entrevista do professor Fábio Chiodini.