Comentários

Prancha abdominal convencional e ativação dos eretores da espinha

Please log in or register to do it.

Prancha abdominal convencional é um dos exercícios que menos produz ativação dos músculos eretores da espinha.

Mas por que a prancha abdominal convencional proporciona menor ativação dos eretores da espinha?

Inicialmente é necessário relembrar algumas questões de anatomia e cinesiologia. Assim, o grupo dos eretores da espinha é composto pelos músculos iliocostal, longuíssimo e espinhal. Em virtude da sua localização anatômica na parte posterior da coluna vertebral, esses músculos tem como principal função realizar o movimento de extensão da coluna vertebral, flexão/inclinação lateral da coluna vertebral (ação unilateral) e anteversão pélvica (tilt anterior pélvico).

Leia também: Musculatura do grupo Eretores da Espinha

Uma vez entendido os movimentos produzidos por esse grupo muscular, agora é possível de forma mais fácil compreender porque na prancha abdominal convencional a ativação deste grupo é extremamente baixa. Assim, durante a realização da prancha abdominal convencional, a força gravitacional que age sobre os seguimentos corporais, e entre eles a coluna vertebral como um todo, tende a produzir o movimento de hiperextensão da coluna vertebral. Portanto, não há necessidade da contração dos eretores da espinha, pois uma vez eles contraindo produziriam o mesmo movimento ao qual a gravidade já tende a produzir.

Mas por que é possível observar ativação dos eretores da espinha ao realizar a prancha abdominal convencional?

Na literatura científica é possível observar que vários estudos apresentam atividade eletromiográfica de baixa a algumas vezes moderada durante a execução da prancha abdominal convencional e mais algumas variações.

Este comportamento parece ocorrer em virtude da co-contração e também para proporcionar alguma grau de contribuição buscando estabilizar a pelve, e assim, evitando que venha a “rodar” em retroversão pélvica, em decorrência da ação do músculos da parede abdominal (principalmente o reto abdominal).

Leia também: Como trabalhar os eretores da espinha na prancha lombar?

Portanto, para buscar uma maximização dos ganhos de força, resistência, potência e hipertrofia muscular dos eretores da espinha, é necessário realizar exercícios específicos para esse grupo. Assim, realizar exercícios onde se aplique resistência contra o movimento de extensão da coluna vertebral são necessários.

Analisem a vídeo aula!!!

Aprenda a fazer o Back Extension
Handstand - Como treinar a saida da posição?

O seu endereço de e-mail não será publicado.