Por que não se pode realizar avaliação morfológica (utilizando ultrassom ou antropometria) após a execução de uma sessão de treino?

De uma forma geral, entendemos que não. Ou seja, seria interessante que o personal trainer aplicasse pelo menos um intervalo de 24 horas após a ultima sessão de treino para realizar uma avaliação morfológica utilizando o ultrassom ou antropometria.

Este é um cuidado muito importante para evitar que ocorra uma alteração morfológica aguda, que pode afetar os dados gerados na avaliação morfológica.

Treino_em_foco_ultrassom_antropometria_efeito_exercício

Mas, quais as alterações morfológicas que podem alterar os dados gerados?

É necessário entender que quando o aluno/cliente realiza uma sessão de treino, ocorre alteração da homeostase do celular ou grupo muscular que está sendo treinado. Ou seja, se produz um aumento da demanda energética e consequentemente ocorrerá a produção de metabolitos dentro deste celular ou grupo muscular. Diante disso, será necessário uma aporte maior de sangue para o local, para que seja possível a entrada de nutrientes, como oxigênio, glicose e ácidos graxos circulantes, e além disso, também a remoção de íons hidrogênio e lactato gerado no local. Com isso, como citado acima mais sangue será direcionado pela vasodilatação de capilares que circundam essa célula muscular. No entanto, é comum que fluidos permanecem no espaço intersticial do celular muscular. Assim, com essa maior concentração de fluido dento da celular ocorrerá um inchaço muscular.

Desta forma, esse inchaço muscular gerado irá alterar a capacidade do personal trainer em conseguir quantificar de forma acurada os dados morfológicos. Ou seja, como foi possível visualizar no vídeo ocorreu um aumento agudo da espessura muscular, na casa dos 8 mm no maior ponto. Já a espessura de gordura teve uma pequena redução na cada dos 0,2mm. Além disso, quando mensurado o perímetro, observou-se um aumento de praticamente 1 cm. Portanto, diante deste cenário é totalmente impossível o personal trainer conseguir realizar uma medida acurada dos dados morfológicos.

Treino_em_foco_ultrassom_antropometria_efeito_exercício

Diante do apresentado acima, qual a melhor estratégia que o personal trainer deverá tomar para realizar a avaliação morfológica (com ultrassom ou antropometria)?

Como já foi comentado acima, entendemos que é necessário o aluno/cliente não ter executado exercício no dia em que for realizada a avaliação. Ainda um ponto importante é que, se caso o aluno/cliente veio caminhando para o local de avaliação, seja na academia ou em um clinica de avaliação, seria interessante o personal trainer orienta-lo a permanecer entre 10 a 20 minutos sentado relaxado para que ocorra a volta de homeostase da redistribuição do fluxo sanguíneo.

Por outro lado, caso o aluno/cliente tenha realizado um treinamento de intensidade moderado a vigoroso nas horas que antecederam a avaliação morfológica, é fundamental que o personal traine orienta que essa pratica poderá alterar os dados gerados. Diante disso, remarcar a avaliação acreditamos ser a melhor estratégia.

Alunos, analisem a vídeo aula.