Utilizar um adipômetro com as hastes vazadas pode ser uma estratégia interessante para evitar a fadiga ao longo de várias avaliações antropométricas.

Treino_em_foco_adipometro_terra_azul

Uma das grandes dúvidas dos profissionais seja de Educação Física ou até mesmo Nutrição que realizam no seu trabalho avaliações antropométricas é no momento de adquirir um adipômetro para quantificação da espessura da dobra cutânea. Ou seja, a principal dúvida que fica é em comprar um adipômetro cientifico ou clinico.

Mas qual a diferença entre um adipômetro cientifico e clinico?

De uma forma geral a diferença está na resolução da medida. Isto é, o adipômetro clínico oferece uma resolução de medida em milímetros. Por sua vez, o adipômetro cientifico oferece uma resolução de medida em décimo de milímetros. Diante disso, já pode-se compreender que o adipômetro cientifico consegue realizar uma medida mais precisa do valor da espessura da dobra cutânea.

Porém, a sua manipulação é mais difícil do que o adipômetro clínico. Ou seja, em virtude dessa maior resolução de medida caso o avaliador demore muito tempo para realizar a leitura do valor nos relógios do adipômetro ocorrerá uma rápida deformação dos valores de medida. Apesar de esse cenário também ocorrer com a utilização de um adipômetro clinico a intensidade desta não é tão grande quanto em um cientifico. Além disso, o valor do cientifico é bem maior do que o clinico.

Então para um avaliador que está iniciando na prática seria melhor adquirir um adipômetro científico ou clinico?

Diante do que foi citado acima no texto, o Treino em Foco entende que em um primeiro momento seria mais interessante o avaliador adquiri um adipômetro clinico. Pois, este tem uma maior facilidade para manuseio e também um valor menor em relação ao cientifico.

No entanto, ao longo do tempo com o aumento da experiencia do avaliador passa a ser interessante que o mesmo adquira um adipômetro com maior precisão, e assim o cientifico encaixa-se perfeitamente nesta perspectiva. Isto torna-se ainda mais importante caso esse profissional fique responsável por exemplo do setor de avaliação de uma academia.

Treino_em_foco_adipometro_terra_azul

Mas qual o problema que a maioria dos avaliadores que utilizam adipômetro cientifico comentam?

Quem já utilizou um adipômetro cientifico sabe que tem um peso considerável e são na maioria das vezes mais pesados que um clinico. Diante disso, muitos avaliadores que executaram varias medidas ao longo de um dia, no final do mesmo sentem um forte cansado nos músculos do antebraço e mãos. Esse cenário poderá reduzir a acurácia do valor da espessura da dobra cutânea e assim repercutir em uma estimativa errônea do percentual de gordura do avaliado.

Assim, para tentar sanar esse problema a empresa Terra Azul desenvolveu um adipômetro cientifico que tem um design onde suas hastes são vazadas. Esse design, segundo o fabricante, produz uma redução de 30% no peso do adipômetro sem perder a acurácia. Portanto, esse adipômetro venho para o mercado com o intuito de tornar mais confortável a utilização para um avaliador que realiza várias avaliações em um dia.

Treino_em_foco_adipometro_terra_azul

Alunos, assistam a vídeo aula e analisem a orientações do professor João Moura.