O profissional de Educação Física deverá orientar o aluno/cliente impaciente a esperar sua vez para ser orientado na sala de musculação. Pois assim ele (aluno/cliente impaciente) não atrapalhará o treino do outro aluno/cliente.

cliente_vacilão_atenção_total_treino_em_foco

Qual o comportamento que alguns alunos/clientes tem na sala de treinamento resistido com pesos ou musculação?

Hoje em dia, é comum as academias de ginastica na sua sala de Treinamento Resistido com Pesos (TRP) ou musculação ter em média no máximo três profissionais para atender os alunos/clientes nos horas de pico. É verdade que algumas academias apresentam mais profissionais atuando nos horários de pico, entretanto como citado acima, a média gira em torno de três professores de Educação Física. Diante disso, o profissional terá que literalmente “se virar nos 30” para conseguir atender todos os clientes/alunos, pois estão pagamento pelo serviço de avaliação, prescrição e principalmente pelo monitoramento no momento da realização das sessões de treino.

Todavia, existem alguns alunos/clientes que querem atenção especial, ou seja desejam que o profissional fique durante toda a sessão de treino realizando monitoramento. Por outro lado, existem aqueles clientes que acham que o profissional deverá atender eles imediatamente. Isto é, ocorrem situações em que o profissional está atendendo um determinado aluno/cliente e o outro aluno/cliente chega e quer que imediatamente o profissional deixe de atender o outro, e passe a atende-lo. Diante desse cenário, obviamente o profissional solicitará a esse aluno/cliente que venha a esperar que ele (profissional) termine de realizar a explicação para o outro cliente e ai sim, o atenda. Porém, mesmo diante desse solicitação do profissional, o aluno/cliente continua a interromper a explicação e solicitar a atenção.

cliente_vacilão_atenção_total_treino_em_foco

Diante dessa situação, qual a atitude que o profissional de Educação Física deverá tomar?

Caso a situação descrita acima venha a ocorrer, o profissional de Educação Física deverá tomar algumas atitudes, visando proporcionar um ótimo ambiente dentro da sala de TRP. Inicialmente, o profissional deverá solicitar para o aluno/cliente impaciente que ele espere a sua vez para a orientação. Caso essa medida não surta efeito, o profissional deverá orientar ao aluno/cliente que essa sua atitude (de interromper a orientação) está atrapalhando não somente a ele (profissional) mas também ao outro aluno/cliente, o que pode colocar em risco a integridade física do outro cliente. Ainda, o profissional deverá deixar bem claro que ambos estão pagando o mesmo valor pelo serviço. Possivelmente, quando o profissional verbalizar essa situação o aluno/cliente impaciente irá se acalmar e esperar a sua vez de ser atendido.

Entretanto, é necessário que quando o profissional for realizar o atendimento do aluno/cliente impaciente, venha a explicar com toda educação e calma que ele (aluno/cliente impaciente) deverá aguardar sua vez para o atendimento. Um ponto importante que pode ser salientado pelo profissional é de que, ao realizar a orientação com calma e de forma focada ele (profissional) conseguirá realizar as explicações de forma mais focada e possivelmente assertiva para o aluno/cliente impaciente. Assim, evitando possíveis lesões no momento da execução do exercício, e ainda podendo produzir uma sessão de treino mais eficiente para atingir os objetivos desejados.

cliente_vacilão_atenção_total_treino_em_foco

Seguidores, não percam a vídeo aula de hoje e visualizem as orientações de como o profissional de Educação Física pode atuar diante de um aluno/cliente impaciente.