Durante a execução do Pulldown na polia com corda a fase concêntrica do movimento deverá ser realizada até o seguimento braço ficar alinhado com o tronco, para realizar um trabalho focado sobre o latíssimo do dorso.

treino_em_foco_pulldown_com_corda_músculos

Quais os músculos que são acionados na fase concêntrica e excêntrica do exercício Pulldown na polia com corda?

O Pulldown na polia com corda é um exercício amplamente prescrito por profissionais de Educação Física que atuam nas salas de Treinamento Resistido com Pesos (TRP), nas sessão de treino para dorsais ou costas. Para executar de forma correta, o indivíduo inicialmente deverá posicionar-se com um afastamento lateral dos pés aproximadamente da largura dos quadris. Na sequência, deverá realizar alguns passos para trás e em seguida produzir uma flexão do quadril em cadeia cinética fechada, para que o tronco fique na posição inclinada, mantendo as curvaturas naturais e fisiológicas da coluna vertebral preservadas. Em seguida, o indivíduo deverá manter os ombros em flexão. Após realizar esse posicionamento descrito acima, o indivíduo estará apto a iniciar a execução do Pulldown na polia com corda.

Para isso, o indivíduo deverá iniciar o exercício realizando a fase concêntrica do movimento, ou seja fase em que deverá vencer a resistência (peso das placas da máquina + força gravitacional). Assim, realizará o movimento de extensão da articulação glenoumeral. Neste movimento serão acionados em contração concêntrica os músculos latíssimo do dorso que é o motor primário desse movimento (extensão do ombro), peitoral fibras costais, deltoide fibras posteriores e tríceps cabeça longa. Já os músculos antagonista, isto é que deverão alongar para que esse movimento venha  a ocorrer são os deltoide fibras claviculares/anteriores, peitoral maior fibras claviculares/ superiores, coracobraquial e bíceps braquial.

Já durante a fase excêntrica do movimento os mesmos músculos citados acima que realizarão contração concêntrica na extensão do ombro, serão acionados durante a flexão do ombro que será realizado pela resistência. Ou seja, os músculos latíssimo do dorso, deltoide fibras posteriores, peitoral fibras costais e tríceps braquial cabeça longa serão nesta fase (excêntrica) acionados em contração excêntrica para frear o movimento de flexão glenoumeral realizado pela resistência.

treino_em_foco_pulldown_com_corda_músculos

Até que ponto da extensão glenoumeral deverá ser executada a fase concêntrica do movimento?

A extensão do ombro na fase concêntrica do Pulldown na polia com corda deverá ser executado até o ponto em que o seguimento braço fique paralelo ao tronco, ou seja, até que esse seguimento (braço) venha a ficar alinhado com o tronco. Ao realizar essa estratégia de execução, ocorrerá um trabalho mais focado sobre o músculo latíssimo do dorso. É preciso frisar que, se o indivíduo vier a passar o seguimento do braço do tronco o músculo latíssimo do dorso não estará mais encurtando e sim alongando.

Esse cenário descrito acima no texto ocorrerá em virtude da ocorrência de um distanciamento dos pontos de origem e inserção do latíssimo dorso. Ou seja, quando o indivíduo encontra-se com os ombros flexionados os pontos de fixações do latíssimo estarão distanciados. Já quando se começa a executar a fase concêntrica (extensão do ombros) os músculo começará a encurtar e os pontos de fixações começarão a se aproximar, tendo a sua aproximação máxima e consequentemente o encurtamento máximo do músculo no momento em que o seguimento braço alinha-se com o tronco. Já a partir desse ponto se o movimento de extensão do ombro continuar os pontos de fixações novamente começarão a se distanciar. Dessa forma, podemos entender que caso o indivíduo venha passar o seguimento braço de ponto de alinhamento com o tronco, o latíssimo do dorso estará sendo alongado e não mais encurtado.

Mas então, qual é o músculo que trabalhará para que o movimento prossiga no exercício Pulldown na polia com corda?

Caso o indivíduo venha executar o Pulldown na polia com corda passando o seguimento braço do ponto em que se alinha com o tronco, ocorrerá um maior trabalho dos músculos deltoide posterior e também da cabeça longa do tríceps braquial. Ou seja, é preciso entender que o deltoide posterior e tríceps braquial participarão de toda a amplitude de movimento, ou seja, desde os primeiros graus de extensão do ombro. Entretanto, quando indivíduo começar a passar o seguimento braço do tronco, realizando uma extensão do ombro ainda maior, o latíssimo do dorso e peitoral fibras costais começarão a alongar-se e assim não auxiliarão mais no movimento de extensão. Assim, o trabalho ficará a cargo apenas dos músculos deltoide posterior e tríceps braquial cabeça longa.

Em resumo, se o objetivo do indivíduo seja produzir um trabalho focado apenas no latíssimo do dorso, deverá executar a fase concêntrica do movimento até que o seguimento braço fique alinhado com o tronco. Por outro lado, se o objetivo seja realizar um trabalho focado também em deltoide posterior parece ser interessante realizar uma extensão mais exacerbada. E por fim, se o objetivo seja realizar um trabalho focado apenas em deltoide posterior e cabeça longa do tríceps braquial o indivíduo deverá executar o exercício partindo com o seguimento braço alinhado com o tronco e em seguida realizar o movimento de extensão do ombro.

treino_em_foco_pulldown_com_corda_músculos

Seguidores, não percam a vídeo aula de hoje e saibam quais os músculos que trabalham durante a execução do exercício Pulldown na polia com corda.