Paula Cavalcanti

 

O Texto do leitor de hoje apresenta a colaboração da seguidora Paula Cavalcante, Mestranda em Educação Física e especialista em Musculação e Condicionamento Físico. Confira abaixo o texto juntamente com seu currículo profissional e links para contato. Boa leitura.

Treinamento Funcional, uma excelente estratégia para emagrecer.

 

1 – O que é treinamento funcional?

O treinamento funcional é uma atividade completa que trabalha o corpo como um todo em diferentes planos de movimento, visando melhorar a força e potência muscular, coordenação motora, lateralidade, equilíbrio estático e dinâmico, agilidade, velocidade, propriocepção, sistema cardiorrespiratório, flexibilidade, postura, consciência cinestésica e controle corporal.

Além disso, é uma aula motivante, pois há inúmeras possibilidades de exercícios, tornando-a dinâmica e sempre diferente.

Os exercícios funcionais são aqueles que imitam os movimentos da vida cotidiana como andar, correr, correr saltando, saltar, agachar, levantar, empurrar, puxar, torcer, virar, subir, descer, ou imitam os movimentos do seu esporte favorito.

A principal diferença em relação à musculação tradicional é que o funcional trabalha os músculos de forma integrada, e não isolada, e é assim que eles são exigidos no dia a dia.

O resultado é um corpo equilibrado, forte e resistente a lesões.

2 – Como esse tipo de treinamento pode ajudar a emagrecer?

O treinamento funcional é uma excelente opção para a perda de gordura corporal. O movimento muscular simultâneo de várias partes do corpo aumenta o gasto calórico contribuindo para o emagrecimento.

As aulas podem ser elaboradas com foco na perda de gordura corporal, utilizando-se o método de treinamento intervalado, que pode ser feita na forma de circuitos, intercalando exercícios resistidos, com pesos ou elásticos e estímulos anaeróbios e aeróbios, como saltos ou deslocamentos. De fato, estudos mais recentes comprovam que o método mais eficiente para queimar gordura é o treino intervalado de alta intensidade.

3 – Qual é o gasto calórico em uma hora de aula?

Depende da intensidade do treino (séries e repetições) e varia muito de pessoa para pessoa, mas estima-se entre 400 a 800 kcal por sessão.

4 – Quais são os tipos de exercícios utilizados em uma aula de treino funcional?

Agachar, avançar, abaixar, saltar, puxar, empurrar, levantar, girar e outros.

5 – Quais são os materiais que podem ser utilizados?

Podemos usar o peso do próprio corpo, kettlebells, halteres, cordas, cabos de suspensão, fit balls, barras, medicine balls, sacos de areia, caneleiras, bastões, anilhas, cabos de vassouras, elásticos, escadas de agilidade, cones, bosu, aros, steps, plataformas de equilíbrio, jump, toalhas, entre outros.

6 – Quem pode fazer?

Como é um treinamento que prepara o corpo para uma vida mais saudável, qualquer pessoa, independentemente da idade ou da condição física pode fazer, desde que seja respeitada a individualidade biológica e o nível de condicionamento físico de cada um. Além disso, as aulas devem ser aplicadas e acompanhadas por um profissional de Educação Física.

7 – Quanto tempo dura uma sessão?

A aula tem duração de até uma hora.

8 – Posso praticar outra atividade física, além do treinamento funcional?

Sim, qualquer atividade é liberada, como dança, corrida, natação, pilates e esportes em geral.

9 – Qual é a frequência ideal do treinamento?

No mínimo duas vezes por semana.

10 – Vídeos com exemplos de exercícios funcionais:

http://www.youtube.com/watch?v=ZKkjHtp3piM

http://www.youtube.com/watch?v=LmV9XSsPuc8

 

 

Profa. Esp. PAULA ANDRÉA MALVEIRA CAVALCANTE

CREF: 092198-G/SP

  • Mestranda em Educação Física na Universidade São Judas Tadeu;
  • Especialista em “Musculação e Condicionamento Físico”. Pós-graduada na Universidade Gama Filho;
  • Graduada em Educação Física na FMU (Bacharelado e Licenciatura);
  • Capacitação Profissional no Incor SP (Instituto do Coração).

 

BLOG: http://paulacavalcantepersonal.wordpress.com/

Contato no e-mail: [email protected]