E aí Corredor!! Dor no lado?

Please log in or register to like posts.

         Hoje o treinoemFOCO tem o prazer de apresentar um texto do nosso mais novo colunista, o professor Robson Rides de Souza. O professor Robson tem grande experiência na área do treinamento sendo que também é professor universitário e Personal Trainer. O referido professor tem especialização em treinamento desportivo e mestrado em saúde e qualidade de vida. Assim, com este mais novo integrante, acreditamos qualificar ainda mais os nossos textos informativos. Vamos então ao texto de hoje da OPINIÃO  QUALIFICADA desenvolvido pelo professor Robson.

E aí Corredor!! Dor no lado?

         Uma pontada abaixo das costelas, seja do lado direito ou do lado esquerdo, é que às vezes impende de continuar correndo.

       Existem vários estudos sobre a dor do lado. Especialistas lançam várias teses que explanam sobre a alimentação, movimentos peristálticos, espamos no diafragma. Sabe-se que ela acomete no início da corrida e quando a atividade é de alta intensidade ou quando o atleta assume um padrão de respiração torácica mais curta e pouco profunda ao invés do padrão normal, mais longa e profunda.

        Alguns fatores contribuem para o seu aparecimento, como por exemplo:

  • corridas em declives acentuados;
  • corridas rápidas e sustentadas em alta intensidade;
  • fraqueza na musculatura da parede abdominal;
  • baixa temperatura do ambiente de treinamento;
  • iniciar a corrida muito rápido;
  • comer ou beber antes do exercício.

        E o que fazer quando começar a sentir esta dorzinha?

        Diminua a intensidade da corrida, respire fundo e vagarosamente, procure manter o ritmo mais leve e de acordo com a sua respiração e exerça pressão com os dedos sobre o local da dor. Se tudo falhar, obedeça seu corpo e interrompa a corrida até a dor passar.

        Existe outro truque: quando você corre existe a tendência de expirar ao pisar com o pé direito no chão. Isso coloca a pressão sobre o seu fígado (localizado no lado direito), que o repassa para o diafragma e produz espasmos musculares, fazendo surgir a dor. Por isso o conselho e expirar o ar quando o seu pé esquerdo tocar o chão.

          Um outro? Coloque uma folha verde sobre o local. Isto é um mito mas às vezes funciona.

          Boas passadas!

Texto produzido por:

Prof. Msc. Robson Rides de Souza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *