Treinamento resistido manual é uma ótima estratégia para aplicação do treinamento de força em ambientes fora das academias.

treino_em_foco_treinamento_resistido_manual

O treinamento resistido manual é uma forma de exercitação física, baseada na aplicação de resistência manual durante a execução dos exercícios resistidos, isto é o personal trainer aplica, de forma manual, uma resistência ou tensão contra o movimento produzido pelo seu aluno. Umas das grandes vantagens do treinamento resistido manual é que em virtude da resistência ser produzida pelo personal trainer, não ocorrerá a necessidade da utilização de equipamentos tradicionais de musculação, com isso tornando sua aplicação possível em diferentes situações e locais. Estudos prévios tem demonstrado que o treinamento resistido manual tem produzido ganhos de força e resistência muscular semelhantes aos ganhos obtidos com pratica do Treinamento Resistido com Pesos (TRP) tradicional.

O que é o treinamento resistido manual?

Inicialmente para entendermos qual o conceito do treinamento resistido manual é necessário entender que o Treinamento Resistido (TR) é um método especializado de condicionamento físico, que envolve a utilização de uma gama de cargas resistidas e também uma variedade de modalidades de treinamento que visa melhorar os níveis de força muscular e consequentemente saúde e desempenho esportivo dos praticantes. Estudos atuais apresentam que diferentes organizações de saúde e medicina esportiva todo mundo tem recomenda da prática do TR como parte integrante de qualquer programa de exercício físicos, que visam o desenvolvimento da promoção de saúde de crianças, idoso, sendo saudáveis ou com certa patologias.

Todavia, os ambientes mais populares onde realiza-se o TR são as academias de musculação. Nesses ambientes (academias de ginástica) é possível identificar a presença de máquinas ou equipamentos específicos como, pesos livres e aparelhos. Estudos tem demonstrado que a musculação é um dos programas de exercitação física mais seguro para o treinamento de força muscular. Entretanto, alguns indivíduos não gostam e dessa forma, não adaptam-se a realização de sessões de treinamento dentro das academias. Porém, os mesmos necessitam realizar TR. Muitas vezes esses questionam os seus personais trainers, se há alguma forma de realizar o treinamento de força fora do ambiente de academia. Diante disso, alguns profissionais esbarram, muitas vezes, na impossibilidade de realizar o transporte dos matérias das academias para outros ambientes. Diante disso, seria muito interessante que os profissionais de Educação Física, isto é os personais trainer que estão inseridos nesse meio tenham o conhecimento de diferentes ferramentas para a realização do TR.

Dessa forma, segundo o pesquisador Cauê Teixeira, uma possibilidade seria a aplicação do treinamento resistido manual, pois essa forma de exercitação permite a realização de sessões de TR sem a necessidade de utilização de equipamentos específicos. O pesquisador ainda apresenta, que essa forma de treinamento é um opção viável para utilização no treinamento personalizado, seja ele em domicílio ou ao ar livre, escolas, na ginástica laboral, preparação física esportivas e treinamento de certos grupos populacionais.

O treinamento resistido manual tem como principal conceito, utilizar uma resistência de natureza humana durante os exercícios resistidos. Hedrick, defini como uma forma de treinamento de força na qual os exercícios serão executados contra a resistência imposta por outra pessoa, isto é, essa pessoa empregará força na direção contrária ao movimento que está sendo realizado pela outra pessoa.

treino_em_foco_treinamento_de_resistencia_manual

Como realizar o treinamento resistido manual?

Como apresenta acima na maioria das vezes para realização do treinamento resistido manual será necessário a presença de dois indivíduos, ou seja, o indivíduo que efetivamente executará os movimentos e o indivíduo que exercerá tensão contra o movimento produzido pelo outro indivíduo executante. Além disso, caso o personal trainer tenha como deslocar ao ambiente onde atenderá o seu cliente uma barra reta por exemplo, o mesmo poderá realizar também o treinamento resistido manual produzindo tensão contra o movimento do seu cliente aplicando tensão sobre a barra.

A seguir serão descritos algumas técnicas de exercício aplicando a resistência manual.

CRUCIFIXO RETO: para realização desse exercício o persona trainer deverá solicitar ao seu cliente que deite em decúbito dorsal (de costas) sobre um banco ou solo. Em seguida, solicitará que o seu cliente realize uma flexão dos ombros e mantenha uma semiflexão dos cotovelos. Realizado esse procedimento o personal trainer deverá posicionar suas mãos próximos as punhos de seu cliente e posicionar-se atrás dele. Em seguida, solicitará ao seu cliente que realizar a fase excêntrica do movimento (abdução transversal dos ombros) e em seguida o movimento concêntrico (adução transversal dos ombros). No momento da realização da adução transversal do ombro o personal trainer deverá aplicar tensão contra o movimento de adução, isto é, deverá produzir força buscando realizar o movimento de abdução transversal do ombro.

EXTENSÃO DE JOELHOS: inicialmente o personal trainer solicitará ao seu cliente que sente em uma cadeira de maneira confortável. Em seguida, posicionara-se de forma agachada a frente do seu cliente e posicionará aso mãos próxima a articulação do tornozelo. Realizado esse posicionamento inicial o personal trainer solicitará que seu cliente realize o movimento de extensão do joelhos. Nesse momento por sua vez, o personal trainer deverá produzir uma tensão contra esse movimento, ou seja, deverá produzir tensão sobre o seguimento perna de seu cliente para que realize a flexão do joelho. Dessa forma, estará produzindo o trabalho dinâmico da grupo muscular quadríceps.

TRÍCEPS TESTA: inicialmente o personal trainer deverá solicitar que seu cliente deite sobre um banco ou solo em decúbito dorsal (de costas) para realização do exercício. Em seguida, o personal deverá posicionar atrás de seu cliente e solicitar que o mesmo produza o movimento de flexão do ombros e posicione suas mãos juntas. Em seguida, o personal posicionará suas mãos sobre as mãos ou na articulações do punho de seu cliente e produza tensão para flexionar os cotovelos. Por fim, deverá solicitar ao seu cliente que produzir tensão (força) visando produzir o movimento de extensão dos cotovelos. Dessa forma, estará treinamento de forma dinâmica os extensores do cotovelos (tríceps cabeça longa, curta e medial). Outro forma, é posicionar uma barra na mão do seu cliente e agora o personal trainer produzir tensão sobre a barra para baixo, visando produção da flexão do cotovelos e solicitar ao seu cliente que produza a extensão.

Obviamente existem inúmeros exercício onde o personal trainer poderá aplicar o treinamento resistido manual.

triceps_teste_treinmento_resistido_manual

Quais os benefícios da prática do treinamento resistido manual?

Estudos prévios investigaram a influência do treinamento resistido manual em população saudável e demonstrou que os ganhos de força e resistência musculares, após uma aplicação por um período curto foram semelhante entre o essa forma de exercitação e o Treinamento Resistido com Pesos (TRP) (Dorgo et al. 2009; Vaughn et al. 2003). Além disso, a literatura tem demonstrado que o treinamento resistido manual pode ser atribuído algumas sobre o TRP, sendo elas: não depende da força gravitacional. Caraterística de resistência incomodativa (capacidade de oferecer para os indivíduos esforço máximo durante a amplitude máxima completa), controle do movimento pelo personal trainer, ajustes a pessoas de diferentes estruturas físicas e presença de torque.

Em um estudo interessante Dombroskie e Hederson observaram maiores aumentos de força muscular em soldados americanos submetidos ao treinamento resistido manual, quando comparado ao grupo que realizou exercícios calistênicos. Por outro lado, no âmbito clinico e em populações especiais, estudos demonstraram que o treinamento resistido manual foi superior ao controle em promover melhora nos níveis de força e capacidade funcional de adolescentes e idosos (Dorgo et al. 2009; Tokumaru et al. 2011). Em outro estudo bem interessante, Teixeira et al. (2016) teve como principal objetivo comparar as repostas hemodinâmicas agudas entre a realização do treinamento resistido manual e TRP em homens normotensos e hipertensos. Os pesquisadores concluíram que o treinamento resistido manual induziu hipotensão pós exercícios em níveis semelhantes ao obtido após a sessão de TRP em hipertensos. Portanto, o treinamento resistido manual é uma alternativa viável e segura para aplicação de treinamento em homens normotensos e hipertensos.

aula_de_treinamento_resistido_manual

Quais as limitações do treinamento resistido manual que a literatura cientifica apresenta?

Dentre as limitações apresentadas na literatura aponta-se a impossibilidade de se quantificar as cargas, a necessidade de experiência por parte de quem está aplicando a resistência e carência de estudos analisando os efeitos do treinamento resistido manual sobre diferentes aspectos morfofuncional e em populações variadas.

Seguidores, não percam a vídeo aula de hoje sobre aplicação do treinamento resistido manual.