Teste de 1 RM com diferentes protocolos

Please log in or register to like posts.
Vídeo

O teste de 1 RM, é frequentemente utilizado para avaliar ou medir a força que um individuo consegue produzir em um determinado exercício, visto que o aumento da força é um dos principais benefícios obtidos com a prática do treinamento resistido ou musculação.

Qual o objetivo principal do artigo cientifico?

Objetivo principal do presente estudo foi comparar o desempenho no teste de 1 RM, ou teste de força máxima, utilizando dois diferentes protocolos, no exercício de Supino Reto com barra, realizado com voluntários do sexo masculino com experiência em treinamento de força na musculação.

Conheça o protocolo do teste de 1 RM

Quais foram os protocolos do teste de 1 RM?

A diferença entre os protocolos estava no número de repetições por tentativa, ou seja, no protocolo A os voluntários deveriam deslocar a quilagem imposta na tentativa de superação de carga, somente uma vez, ocorrendo somente uma repetição pela amplitude de movimento determinada. No protocolo B, os voluntários deveriam deslocar a quilagem das tentativas, duas vezes pela amplitude de movimento determinado, ou seja, deveriam realizar duas repetições em cada tentativa, do teste de 1 RM.

supino_reto_teste_1 RM

Qual o objetivo do teste de 1 RM?

O teste de 1 RM, é um dos testes mais utilizados para mensurar o desempenho da força muscular dinâmica.

Como foi desenvolvido o estudo?

O estudo foi realizado com dezessete voluntários do sexo masculino, que apresentaram média de idade de 26,4 anos. Todos os voluntários apresentaram um mínimo de seis meses de experiência com treinamento resistido com pesos ou musculação.

Para a realização do teste de 1 RM, foi utilizado o exercício de Supino reto na barra, ou Supino Livre. O estudo utilizou um delineamento com medidas repetidas, aonde todos os voluntários participaram de todas as sessões de coleta de dados, cada voluntário compareceu ao laboratório quatro vezes, sendo dois dias em uma semana, e outros dois dias na semana seguinte. Foi respeitado um intervalo de 48 a 72 horas entre os dias de coleta na mesma semana.

As primeiras sessões nas semanas, foram para familiarizar os voluntários com os protocolos do teste de 1 RM. Essa familiarização consistiu na realização de um dos dois protocolo  que seriam estudadas. Na segunda sessão da semana, foi realizado o teste de 1 RM, com o protocolo que foi utilizado na familiarização da mesma semana, ou seja, se o voluntário executou o protocolo A na familiarização na semana, no segundo dia da semana seria executado o teste de 1 RM utilizando o mesmo protocolo, se o voluntário utilizou o protocolo B na familiarização, ele executaria o teste de 1 RM com o protocolo B.

supino_barra_teste_1 RM

Na primeira sessão de coleta da primeira semana, foram determinados a amplitude de movimento, posição da mão na barra, e posicionamento do voluntário no banco, condições essas que foram repetidas durante a execução do teste de 1 RM, tanto com o protocolo A e B.

O número máximo foram de seis tentativas, na primeira tentativa tanto no protocolo A e B, a quilagem utilizada no Supino Reto, foi determinada considerando-se os dados obtidos nas sessões de familiarização com os protocolos do teste de 1 RM, ou seja, o valor da última quilagem utilizada para familiarização, foi a quilagem de início do teste de 1 RM.. Se cada tentativa fosse realizada com sucesso, o peso levantado era aumentado de maneira progressiva nas tentativa subsequentes. A pausa entre as tentativas  foram de cinco minutos.

 

Como foram considerados os valores do teste de 1 RM?

No protocolo A aonde o voluntário deveria deslocar a quilagem, uma única vez em em toda amplitude de movimento, foi considerado como o valor de 1 RM, o maior peso que o voluntário conseguiu deslocar em uma única repetição.

No protocolo B, aonde o voluntário deveria deslocar a quilagem duas vezes pela amplitude de movimento determinada, ou seja, realizar duas repetições, o peso registrado como 1 RM, foi aquele que o voluntário completou em uma única repetição, ocorrendo falha na ação muscular concêntrica ao tentar executar a segunda repetição.

teste_1_RM_diferentes_protocolos_treino_em_foco

Quais os resultado encontrados no estudo?

Para aos protocolos A e B, foram necessários quatro tentativas para se determinar o maior pelo deslocado no teste de 1 RM, com exceção de três voluntários que necessitaram de cinco tentativas, no protocolo B.

Foram observados com os escores obtidos, ou seja, com os valores máximos do teste de 1 RM, que os voluntários apresentaram um desempenho significativamente maior com o protocolo A, obtendo média de 103,2 Kg, em comparação quando os voluntários executaram o protocolo B, aonde obteve-se média de 100,2 Kg. Esses resultados mostram que os protocolos investigados produzem resultados distintos.

Segundo os autores do estudo uma possível explicação para este resultado está relacionado a um menor número de repetições realizadas no protocolo A, onde se executou uma repetição por tentativa, quando comparado ao protocolo B que utilizou duas repetições por tentativa. Este maior número de repetições no protocolo B, poderia representar um maior tempo sob tensão muscular, que conduziria a um estado mais desfavorável para a produção de força, porém o delineamento experimental do presente estudo não possibilita discutir os mecanismo fisiológicas que levaram a essa diferenças no teste de 1 RM.

teste_1_RM_protocolos_diferentes_força_máxima

O que se pode concluir com o estudo?

Os dados obtidos no presente estudo, nos mostram que o protocolo A e B, não proporcionam desempenhos similares no teste de 1 RM, para o exercício de Supino Livre, em homens experientes no treinamento resistido com pesos ou musculação. Então comparações de resultados entre estudos, que utilizaram as mesmas características dos protocolos A e B do presente estudo, não devem ser realizadas pois observou-se que os resultados obtidos no teste de 1 RM forma distintos.

Então seguidor, não perca o TEF Análise de Artigos de hoje e tire todas suas dúvidas sobre os protocolos de teste de 1 RM.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *