Quando criei esse grupo na rede social facebook, imaginei criar uma ferramenta para fomentar os seguidor TEF na LEITURA CIENTÍFICA. Todavia, não imaginava que conseguiríamos apresentar a métrica de mais de 5.000 MEMBROS (especificamente hoje temos 5.122 membros).

                Neste grupo compartilho ARTIGOS CIENTÍFICOS os quais faço uma LEITURA PRÉVIA e, no próprio texto, produzo comentários, observações, reflexões, etc. Quando o criei (o grupo de estudos) imaginava a dificuldade em evoluir, pois no Brasil se dá muita importância ao fator prático e a profissionais (ou não profissionais) de grande porte físico apresentando treinamentos sem questionar as bases de tais treinos, principalmente as BASES CIENTÍFICAS. Somado a isso, a leitura de artigos científicos exige PRESSUPOSTOS DE CONHECIMENTOS ESTATÍSTICOS E METODOLÓGICOS para uma adequada compreensão sobre o tema que se está lendo. Certamente este é um dado negativo quando se pensa em desenvolver o GOSTO PELA LEITURA E REFLEXÃO CRÍTICA (aspectos estes que busco estimular no grupo).

                Embora com estas e outras dificuldades que não escreverei aqui, e agora, pois não pretendo fazer um texto de lamentações, e sim de constatações positivas; O GRUPO CRESCEU. Muitos seguidores se mostraram motivados a leitura e compartilharam comentários a favor ou contrários aos meus posicionamentos colocados nas análises dos textos. Fato que entendo como extremamente salutar, de envolvimento e evolução.

                Sei que para a maioria dos seguidores TEF a língua inglesa é uma dificuldade para a leitura, por isso primei por postagens de ARTIGOS NACIONAIS; até porque, entendo que temos ÓTIMOS TRABALHOS produzidos no Brasil. Postei alguns artigos internacionais (consequentemente em linha inglesa) e obtivemos bom retorno dos seguidores. Porém, entendo que o processo informativo-educacional, dentro de uma PERSPECTIVA DIDÁTICA, é passo a passo… do simples ao complexo. Assim, continuarei postando bons trabalhos nacionais estimulando o desenvolvimento da capacidade de leitura e reflexão científica e também explorando alguns estudos internacionais buscando contribuir para o DESENVOLVIMENTO INTELECTUAL do seguidor TEF.

                Para finalizar quero colocar que não pauto minha atuação profissional e reflexão crítica-prescritiva baseado somente em EVIDÊNCIAS CIENTÍFICAS. Claro que estas são fundamentais, mas conhecimento prático acumulado pelo diálogo entre profissionais competentes com experiências diversificadas e, a EXPERIÊNCIA PRÁTICA (sempre com análise reflexiva) acumulada pela vivência de anos na labuta profissional, NÃO PODEM SER DESCREDENCIADAS. Esta última afirmativa pode gerar certo desconforto e conflito em um grupo que usa o termo CIENTÍFICO, mas não quero gerar polêmica (embora a mesma gere “ibope” na mesma proporção, ou elevado ao cubo), posso dissertar sobre esse meu posicionamento em outra postagem se o seguidor TEF assim achar interessante.

                E qual a decorrência de tudo isso? O que obteremos deste grupo de estudos e da leitura-reflexão dos artigos postados e analisados?

O APRENDIZADO! Este gera maior competência profissional dentre várias outras competências possíveis de serem desenvolvidas.

                Obrigado aos seguidores TEF pela participação. Obrigado por se manifestarem e opinarem de forma forte mas elegante. E você que não conhece o grupo eu o convido a participar. Este é o link para solicitar inclusão já que o mesmo é fechado.

https://www.facebook.com/groups/treinoemfoco/

Abraço pessoal, sigamos em frente evoluindo.

Prof. Dr. João Moura.