Teste de 1RM tem por objetivo avaliar o desempenho de força dinâmica máxima de um grupo muscular em um determinado exercício, ou seja, determinar o peso máximo que o avaliado consegue deslocar em um movimento completo.

supino_barra_teste_1 RM

Quando o objetivo é avaliar a força dinâmica máxima, o teste de 1RM vem sendo amplamente utilizado por profissionais de Educação física que trabalham na área de atividades físicas (academias de ginástica) e esporte (atletas de alto rendimento). Através dele, pode-se obter informações quanto ao comportamento da força dinâmica máxima em diferentes grupos musculares, podendo analisar o efeitos de programas de treinamento de força. Assim podemos notar que o teste de 1RM apresenta grande utilidade e pode ser aplicado com segurança para diferentes populações.

1RM_teste_força_dinâmica_máxima_supino

No vídeo aula de hoje o professor João moura analisará o artigo: Teste de 1RM na prescrição do treinamento de força.

Qual o objetivo do artigo?

Observar o número máximo de repetições realizadas a 70 e 85% obtidos no teste de 1RM no exercício supino Reto e Rosca de bíceps. Na sequência comparar o número de repetições obtidos nos percentuais citados, com o que é preconizado na literatura.

Lembrando que a intensidade de esforço relatada na literatura para ganhos de   força e hipertrofia muscular é sempre superior a 60%, na maioria dos trabalhos científicos a 80% de 1RM, de forma que o número de repetições varie de seis a 12 repetições máximas.

1RM_teste_força_máxima_rosca_bíceps_treino_em_foco

Quais as características dos voluntários do estudo?

Foram selecionados 20 indivíduos todos do gênero masculino (idade 25 anos; Massa corporal: 80.1 Kg; Estatura; 177,6 cm), todos praticantes de treinamento de força a no mínimo seis meses e deveriam praticar no mínimo três vezes por semana.

Como foi realizado o teste de 1RM?

Para avaliação do desempenho de força dinâmica máxima no exercício Supino Reto e Rosca de Bíceps utilizou-se o procedimento de Simão e colaboradores, 2006. Seguindo o protocolo citado os indivíduos deveriam realizar um aquecimento específico no próprio aparelho com uma quilagem(peso) que lhes fosse confortável e que propicia-se realizar 15 repetições. Após o aquecimento adicionou-se quilagem(peso) ao aparelho e o avaliado foi instruído a realizar apenas uma repetição.

teste_1_rm_supino

 

A medida que o indivíduo conseguia vencer a quilagem, a carga era aumentada progressivamente de dois em dois quilogramas. Foram utilizadas no máximo seis tentativas para a obtenção da força dinâmica máxima no teste de 1RM, com intervalos entre elas de três minutos.

1RM_teste_força_treino_em_foco_rosca_bíceps

Ao se obter a força dinâmica máxima em um exercício (escore máximo do teste de 1RM), foi realizado o teste com o mesmo critério para o exercício seguinte.

Como foi realizado a sessão de treinamento de força prescrita através de percentuais de 1RM?

Após o teste de 1RM, os indivíduos permaneceram em repouso por um período de 48 horas. No treinamento foram instruídos a realizar o número máximo de repetições a 70% e 85% de 1RM até a completa exaustão, ou seja, a até a falha muscular concêntrica.

Dessa forma, o número de repetições seria utilizado como parâmetro para o desempenho nas diferentes intensidades.

1RM_força_máxima_supino_reto_treino_em_foco

Quais os resultados encontrados no estudo?

O presente estudo evidenciou falhas na prescrição de carga para o treinamento através de percentuais de 1RM. Verificando que no exercício supino Reto obteve-se a 70% de 1RM 15 repetições, já com 85 % a média foi de seis repetições. Podendo ser visualizado um número de repetições acima da média que a literatura preconiza.

1RM_teste_força_dinâmica_máxima_supino

Já no exercício de rosca de Bíceps obteve-se a 70% e 85% de 1RM, uma média de 9 e 4 repetições máximas, respectivamente. Verificando-se um número de repetições atingidos quando comparado com o preconizado na literatura abaixo do esperado.

1RM_teste_força_treino_em_foco_rosca_bíceps

De acordo com os resultados encontrados o treinamento de força para desenvolvimento de hipertrofia muscular em indivíduos treinados assume um número de repetições, que nem sempre é compatível com o percentual de 1RM.

O que podemos concluir com esse estudo?

A prescrição de exercícios para o treinamento de força buscando desenvolvimento de força e hipertrofia muscular, tendo como base de prescrição os percentuais de 1RM, não parece ser apropriado para controlar a intensidade nos exercícios testados (Supino reto e Rosca Bíceps), com isso podendo subestimar o potencial do indivíduo.

Então o teste de 1RM se apresenta como uma maneira inapropriada para determinação das quilagens(pesos), nos exercícios de uma sessão de treinamento resistido com pesos ou musculação.

supino_reto_teste_1 RM

Seguidor, não perca o Análise de Artigo de hoje e, tire todas suas dúvidas sobre a prescrição de exercícios no treinamento de força através de percentuais do teste de 1RM.